-1.4 C
Munique
6.7 C
Porto
RegionalCelorico de BastoCelorico de Basto inicia época natalícia com iluminação de natal

Celorico de Basto inicia época natalícia com iluminação de natal

Entre as iluminações de natal, o município destaca a árvore de natal com 20 metros situada na praça Albino Alves Pereira

Relacionados

Cinfães conta com nova unidade de saúde em Nespereira

As novas instalações da Unidade de Saúde de Nespereira, em Cinfães, entraram em funcionamento hoje e servirão 1725 utentes. A Administração Regional de Saúde do...

Felgueiras acolhe oficina de inovação para capacitar tecido empresarial

O Município de Felgueiras avança que, face ao contexto pandémico, que acrescentou grandes adversidades ao tecido empresarial e introduziu mudanças na lógica e comportamento...

GNR e Polícia Municipal de Paredes fiscalizam autocarros e transportes escolares

A GNR e a Polícia Municipal de Paredes procederam a uma ação de fiscalização conjunta aos autocarros e transportes escolares, na Escola Secundária e...

Esta terça-feira, o município de Celorico de Basto deu início às celebrações da quadra Natalícia com a inauguração da iluminação de Natal, com destaque para uma árvore de 20 metros situada na praça Albino Alves Pereira.

O Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima, antes de carregar no interruptor referiu ter iniciado “a quadra natalícia com a iluminação de natal, esta luz que se estende a toda a vila procura ser um motivo de esperança num amanhã que se espera melhor”, acrescentando que as circunstâncias vivenciadas não deixam alternativa vendo-se na obrigação de declinar projetos já alinhados para a quadra.

O município de Celorico de Basto, tendo preparado o Mercadinho de Natal, exatamente na praça, onde seria realizado o natal dos idosos ficou alinhado “o encontro das janeiras, que é sempre um marco importante nas tradições seculares desta comunidade, um programa amplo que tivemos que cancelar por um motivo maior, o bem-estar de toda a comunidade”.

Para o município, o apoio ao comércio local, numa tentativa de os ajudar “a ultrapassar as dificuldades e ao mesmo tempo de incutir o gosto de comprar no que é nosso, de forma segura e próxima”, evidenciando que a quadra foi vivida em plano, numa família e numa comunidade com responsabilidade.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido