RegionalCHTS irá lançar app para consultar o utente à distância

CHTS irá lançar app para consultar o utente à distância

Relacionados

Paços de Ferreira: Atletas Pacenses destacam-se no Campeonato Nacional

Nos passados dias 4 e 7 de abril, o Complexo Olímpico de Piscinas de Coimbra recebeu os Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Absolutos...

Protocolo impulsionador do Enoturismo no Douro e Tâmega é assinado

A Associação de Municípios do Douro e Tâmega e a Associação Empresarial de Amarante (AEA) celebraram esta segunda-feira, 8 de abril, após aprovação em reunião...

Paredes: Tribunal altera pena de homem que matou três ciclistas em 2019

O Tribunal da Relação do Porto alterou para prisão efetiva a pena aplicada ao condutor que matou dois motociclistas e feriu um terceiro, na...

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) vai implementar um programa de Enfermagem de Reabilitação Tecnológico, o “+PERTO”, que surgiu, de acordo com o Hospital, “da necessidade de encurtar distâncias e, de forma inovadora e pioneira, dar resposta de forma muito célere aos utentes submetidos a Artoplastia Total do Joelho do Serviço de Ortopedia”.

Por forma a acompanhar o aumento do número de Artoplastias Totais do Joelho, o CHTS desenvolveu uma solução tecnológica, através de uma APP, permitindo, assim, “melhorar o conhecimento, aumentar a literacia em saúde, possibilitar uma adequada capacitação pré-operatória e recuperação pós-operatória” acrescenta, em nota, o CHTS.

Os enfermeiros especialistas, Tiago Araújo e Elsa Rodrigues, assumiram “estar na vanguarda de cuidados de saúde com qualidade, centrados no utente, personalização de serviços, humanização e rapidez na prestação de auxílio”.

Desta forma, através das características geográficas da região onde se insere o CHTS, e a vasta área abrangida, a distância torna-se uma barreira quando se fala em serviços da área da saúde. O programa em questão dará resposta aos utentes através:

  • De exercícios direcionados à reabilitação;
  • Secção de informações úteis com sistema de feedback;
  • Secção de monitorização e acompanhamento on-time;
  • Secção “fale com o enfermeiro de reabilitação”, um canal comunicacional que também irá permitir assistir o utente e cuidador na tomada de decisão perante a dor, edema e ferida cirúrgica. Este serviço permite, igualmente, a realização da videochamada para acompanhamento de exercícios em tempo real.

A App em questão dará “acesso privilegiado e direto ao enfermeiro de reabilitação para ouvir, ver, esclarecer e orientar no que necessitar, são garantias para estes utentes, desde o pré-operatório até às seis semanas após”, conclui, em nota, o CHTS.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -