19.7 C
Munique
21.4 C
Porto
RegionalCincos detidos em Valongo por ameaçarem vítimas e dispararem arma proibida

Cincos detidos em Valongo por ameaçarem vítimas e dispararem arma proibida

Entre as apreensões, a GNR confiscou uma arma de fogo e 148 doses de canábis.

Relacionados

Conheça os candidatos do Partido Socialista à Câmara Municipal de Paredes

O Partido Socialista de Paredes apresentou a recandidatura de Alexandre Almeida à Câmara Municipal. O recandidato à Câmara Municipal de Paredes tem 47 anos e...

Vereador da Trofa ilibado e ex-líder do Trofense condenado por desviar subsídio

O tribunal de Matosinhos condenou, hoje, o antigo presidente do Trofense, Paulo Melro, por desviar para o futebol profissional subsídios camarários atribuídos ao desporto...

Meia maratona do Porto condiciona o trânsito a partir de sexta-feira

A 14ª meia maratona do Porto irá provocar, a partir de sexta-feira e, até domingo, o trânsito permanecerá condicionado, bem como o estacionamento, em...

A GNR de Santo Tirso deteve, hoje, três homens e duas mulheres com idades compreendidas entre os 26 e os 70 anos por posse de arma proibida e ameaças e tráfico de estupefacientes em Valongo.

No decorrer de uma investigação por crime e ameaça agravada com recurso a arma de fogo em Alfena e Ermesinde, no concelho de Valongo, com a duração de dois meses, de acordo com nota da GNR, os militares “realizaram diversas diligências policiais, tendo apurado que os suspeitos ameaçaram duas vítimas, com 31 e 38 anos, e efetuaram disparos na sua direção”.

No âmbito das investigações realizadas por parte da GNR, os militares apreenderam uma arma de fogo, diversas munições, uma arma branca, um bastão, 148 doses de canábis, uma balança e cinco telemóveis.

Os suspeitos foram detidos, constituídos arguidos, e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Valongo. No que diz respeito ao detido de 26 anos, com antecedentes criminais, por ilícitos da mesma natureza, será presente a primeiro interrogatório judicial a 4 de junho no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, para que lhe sejam aplicadas as devidas medidas de coação.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido