Regional“Fábrica dos Alemães” em Felgueiras anuncia insolvência e despedimento de 420 trabalhadores

“Fábrica dos Alemães” em Felgueiras anuncia insolvência e despedimento de 420 trabalhadores

Relacionados

Paredes: Homem morre após despiste de mota

Um homem, de 29 anos, morreu, no último sábado, dia 20 de julho, na sequência de um acidente na Rua da Ferrugenta em Lordelo,...

Paredes: Idosa morre após despiste de carro

Uma idosa, de 81 anos, morreu, na manhã do passado dia 17 de julho, quando o carro que conduzia se despistou e embateu contra...

Lousada: Homem é detido para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lousada relatou através de um comunicado que deteve, no passado dia 9 de julho,...

O Bloco de Esquerda questionou o Governo, através do deputado José Soeiro, acerca do encerramento da Produção de Calçado de Felgueiras, mais conhecida por “Fábrica dos Alemães que irá despedir 420 trabalhadores.

A empresa em questão, com sede em Lagares, concelho de Felgueiras, anunciou que iria para insolvência e despedir os quatrocentos e vinte trabalhadores”, refere nota do Bloco de Esquerda.

Segundo informações que o partido recebeu, a empresa tem “parte dos salários de fevereiro em atraso” e, recentemente, “enviou para lay-off grande parte dos trabalhadores”. Além disso, o partido refere que, de acordo com notícias analisadas pelo Bloco de Esquerda “a empresa teve no ano de 2020 um volume de negócios de 14 milhões de euros e no ano de 2019 mais de 20 milhões”.

De acordo com nota do Bloco de Esquerda, o partido mostra-se “solidário com estes trabalhadores e trabalhadores e considera que o encerramento desta empresa terá um grande impacto social e económico na região e no concelho de Felgueiras. É necessário garantir que os seus direitos são assegurados, nomeadamente no que respeita ao pagamento de eventuais salários em atraso”.

A par desta situação, o deputado José Soeiro quer saber se “o governo tem conhecimento da situação e se está a tutela disponível para analisar com a empresa, no quadro dos apoios extraordinários às empresas concedidos no contexto da pandemia, uma solução que permita a viabilização da empresa e a manutenção dos postos de trabalho”, finaliza nota.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -