13.7 C
Munique
23.6 C
Porto
RegionalGaia ajudou 179 alunos através do “Cantinho do Estudo”

Gaia ajudou 179 alunos através do “Cantinho do Estudo”

Face os alunos abrangidos pelo projeto, 84% das famílias classificaram a intervenção do “Cantinho de Estudo” como muito positiva

Relacionados

Detido em Penafiel por agressão física e psicológica à esposa

A GNR do Penafiel deteve, na passada quinta-feira, um homem de 54 anos por violência doméstica no concelho de Penafiel. No decorrer de uma investigação...

Presidente da Iniciativa Liberal visitou ETAR de Paços de Ferreira após denúncias de habitantes

Hoje, a Iniciativa Liberal reuniu o candidato à Assembleia da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, João Carneiro, e o Presidente da Iniciativa Liberal,...

Conheça os candidatos do Partido Socialista à Câmara Municipal de Paredes

O Partido Socialista de Paredes apresentou a recandidatura de Alexandre Almeida à Câmara Municipal. O recandidato à Câmara Municipal de Paredes tem 47 anos e...

O projeto implementado de forma piloto, em 2018, em Canidelo e depois em Avintes capaz de beneficiar 179 alunos de 25 escolas é conhecido como “Cantinho do Estudo”, que hoje está disperso por todo o concelho de Vila Nova de Gaia. De acordo com nota da Câmara Municipal de Gaia, proporcionaram-se 135 espaços de estudo e disponibilizaram-se 65 computadores a alunos do 2º, 3º, 4º e 6º anos de escolaridade.

Durante o último ano letivo, o balanço foi caracterizado como “positivo”. Entre os alunos abrangidos pelo projeto, “95% transitaram de ano, 84% reduziram o número de avaliações negativas face ao ano anterior, 98% consideraram o acompanhamento significativo para o seu sucesso escolar e 84% das famílias classificaram a intervenção do «Cantinho do Estudo» como muito positiva”.

publicidade

O “Cantinho de Estudo” foi desenvolvido em parceria entre a Fundação Manuel António da Mota, a Câmara Municipal de Gaia e as juntas de freguesia, indo muito além de um programa que visa melhorar as condições de alojamento e estudo nas habitações dos alunos mais carenciados.

“Através de um móvel e da criação de condições dignas para a realização em casa das suas tarefas enquanto estudantes, pretende-se criar um conjunto de memórias positivas em infâncias difíceis”, refere o Município de Gaia, em nota, acrescentando que “em muitos casos, a intervenção pode ser mais do que a colocação desse móvel, incluindo melhorias do edificado, nomeadamente da cobertura, paredes e caixilharia de portas e janelas do quarto ou espaço de estudo”.

publicidade

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido