3.5 C
Munique
11.4 C
Porto
RegionalGaia ajudou 179 alunos através do “Cantinho do Estudo”

Gaia ajudou 179 alunos através do “Cantinho do Estudo”

Face os alunos abrangidos pelo projeto, 84% das famílias classificaram a intervenção do “Cantinho de Estudo” como muito positiva

Relacionados

Município de Felgueiras celebra escrituras com proprietários para a Zona Industrial das Barrancas

O Município de Felgueiras formalizou o compromisso assumido com os proprietários que aceitaram a negociação amigável no processo de expropriação em que Nuno Fonseca,...

Município de Baião presta apoio ao consumidor endividado através do centro de informação autárquico

A Câmara Municipal de Baião encontra-se a prestar um serviço de ajuda aos clientes bancários com dificuldades no cumprimento de contratos de crédito, através...

FC Paços de Ferreira apresenta novo reforço da equipa

O FC Paços de Ferreira abriu portas, esta sexta-feira, para receber mais um jogador para reforço da equipa. O jogador N’Dri Koffi integra o...

O projeto implementado de forma piloto, em 2018, em Canidelo e depois em Avintes capaz de beneficiar 179 alunos de 25 escolas é conhecido como “Cantinho do Estudo”, que hoje está disperso por todo o concelho de Vila Nova de Gaia. De acordo com nota da Câmara Municipal de Gaia, proporcionaram-se 135 espaços de estudo e disponibilizaram-se 65 computadores a alunos do 2º, 3º, 4º e 6º anos de escolaridade.

Durante o último ano letivo, o balanço foi caracterizado como “positivo”. Entre os alunos abrangidos pelo projeto, “95% transitaram de ano, 84% reduziram o número de avaliações negativas face ao ano anterior, 98% consideraram o acompanhamento significativo para o seu sucesso escolar e 84% das famílias classificaram a intervenção do «Cantinho do Estudo» como muito positiva”.

publicidade

O “Cantinho de Estudo” foi desenvolvido em parceria entre a Fundação Manuel António da Mota, a Câmara Municipal de Gaia e as juntas de freguesia, indo muito além de um programa que visa melhorar as condições de alojamento e estudo nas habitações dos alunos mais carenciados.

“Através de um móvel e da criação de condições dignas para a realização em casa das suas tarefas enquanto estudantes, pretende-se criar um conjunto de memórias positivas em infâncias difíceis”, refere o Município de Gaia, em nota, acrescentando que “em muitos casos, a intervenção pode ser mais do que a colocação desse móvel, incluindo melhorias do edificado, nomeadamente da cobertura, paredes e caixilharia de portas e janelas do quarto ou espaço de estudo”.

publicidade

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido