9.6 C
Munique
16.9 C
Porto
RegionalPaços de FerreiraGuarda prisional que matou jovem a tiro foi condenado a uma pena...

Guarda prisional que matou jovem a tiro foi condenado a uma pena suspensa de três anos e seis meses

O Tribunal deu como provado que o formador não cumpriu com o protocolo de segurança ao qual estava obrigado.

Relacionados

PCP pede esclarecimentos à ARS Norte pela demissão dos responsáveis pela Urgência Metropolitana de Psiquiatria do Porto

O Partido Comunista Português (PCP) avançou, ontem, uma proposta para realizar uma audição da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) relativa à...

Milhares de portugueses apoiam greve aos combustíveis nas redes sociais

Um grupo criado no Facebook há 48 horas, intitulado de “Greve aos combustíveis”, conta já com mais de 500 mil membros. Na descrição é...

Jovem pacense em Erasmus morreu na Polónia

Na Varsóvia, capital da Polónia, foi encontrado o corpo de uma jovem natural de Penamaior, freguesia de Paços de Ferreira, numa varanda de uma...

Hoje, decorreu o julgamento do instrutor da carreira de tiro que atingiu mortalmente uma guarda prisional, decorrida durante uma formação na carreira de tiro na cadeia de Paços de Ferreira em novembro de 2018.

Esta quinta-feira, o guarda prisional foi condenado a uma pena suspensa de três anos e seis meses. O Tribunal deu como provado que “o formador não cumpriu o protocolo de segurança, a que estava obrigado, que poderia ter evitado a morte da mulher, de 30 anos”, avança o Sol.

O instrutor, sem verificar os carregadores, apontou e disparou uma arma sobre a jovem. Foi condenado a pagar uma indemnização de 120 mil euros aos pais da vítima.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido