10.3 C
Munique
20.7 C
Porto
RegionalHomem preso em Santo Tirso após ter aterrorizado a esposa e filhos...

Homem preso em Santo Tirso após ter aterrorizado a esposa e filhos com motosserra

O detido de 47 anos tinha já ameaçado a esposa de morte, bem como de incêndio de habitação.

Relacionados

Inspeção das motas será obrigatória a partir de 1 de janeiro de 2022

O Secretária de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, avançou ao Jornal de Negócios, esta segunda-feira, que “a partir de 1 de janeiro de 2022,...

Detido em Penafiel por agressão física e psicológica à esposa

A GNR do Penafiel deteve, na passada quinta-feira, um homem de 54 anos por violência doméstica no concelho de Penafiel. No decorrer de uma investigação...

Presidente da Iniciativa Liberal visitou ETAR de Paços de Ferreira após denúncias de habitantes

Hoje, a Iniciativa Liberal reuniu o candidato à Assembleia da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, João Carneiro, e o Presidente da Iniciativa Liberal,...

A GNR do Porto deteve, ontem, um homem de 47 anos por violência doméstica em Santo Tirso.

No decorrer de uma investigação por violência doméstica, a GNR apurou que “o suspeito, habitual consumidor de bebidas alcoólicas e com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, ofensas à integridade física e condução sob o efeito do álcool”, agrediu, injuriou e ameaçou de morte a esposa, de 45 anos, com quem vivia há 23 anos, avança nota da GNR.

Durante o ano passado, o agressor já tinha sido condenado a afastamento e proibição de contacto, controlado por pulseira eletrónica, o qual desobedeceu, tendo sido condenado a prisão domiciliária.

Apesar das medidas já aplicadas, o agressor manteve o comportamento violento, reiterou ameaças de morte, bem como de destruição e incêndio da habitação à vítima. No último episódio de violência, munido de motosserra e faca, ameaçou derrubar a porta da habitação, tendo deixado a vítima, bem como os filhos menores, aterrorizados.

O homem foi detido no dia de ontem e presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido