RegionalPaços de FerreiraIniciativa Liberal instala o próprio núcleo em Paços de Ferreira

Iniciativa Liberal instala o próprio núcleo em Paços de Ferreira

Relacionados

Cinfães: Homem detido por violência doméstica e posse de arma proibida

Um homem de 59 anos foi detido por posse de diversas armas e munições encontradas durante as diligencias de um processo de violência doméstica,...

Barcelos: Homem é detido depois de agredir policias

Um homem de 37 anos foi, na passada na quarta-feira, dia 17 de abril, detido pelo crime de agressão e injúria contra agentes da...

Santo Tirso: Homem que escondia droga num cofre é detido

A PSP deteve, na passada sexta feira, dia 12 de abril, um homem de 25 anos de idade por suspeita de tráfico de droga...

A Iniciativa Liberal em Paços de Ferreira elegeu, no passado sábado, a primeira coordenação no Plenário Fundador realizado no concelho.

João Carneiro, de 28 anos, foi eleito coordenador da concelhia pacense, de acordo com nota da Iniciativa Liberal, esta eleição “é resultado do trabalho iniciado em fevereiro e que tem, por principal objetivo, a criação de uma alternativa política liberal, com a qual os pacenses se possam identificar”.

O núcleo oficializou-se e reafirmou a vontade que os membros fundadores têm para “lutar por um melhor concelho” para os habitantes de Paços de Ferreira, referindo em nota que o concelho “nasce da reforma administrativa de 1836, levada a cabo pelos liberais”.

Enquanto coordenador do núcleo da Iniciativa Liberal de Paços de Ferreira, João Carneiro afirmou, na inauguração, que este é “o início de um novo compromisso com as gentes de Paços de Ferreira, marcado por uma nova abordagem política: uma abordagem pragmática, sustentada, consciente, aberta ao diálogo e a opiniões divergentes”, acreditando que na Iniciativa Liberal como “uma alternativa política fiável e que se demarca da demagogia e populismo, cada vez mais presentes na política concelhia”.

A Iniciativa Liberal avança, em nota, que tem vindo a defender a “transparência na atuação dos órgãos que gerem o concelho”, assinalando a Câmara Municipal de Paços de Ferreira e a Assembleia Municipal, com a gestão do atual executivo, como “relutante a tornar público o debate, as decisões e alguns documentos que, por lei, deveriam ser de conhecimento público”.

O novo partido faz referência a problemas que têm vindo a prejudicar o concelho de Paços de Ferreira, expondo que o executivo ignorou as decisões da Assembleia Municipal à determinação da “resolução para a extinção da Gespaços, votada em assembleia em 2017”.

João Carneiro avançou ainda que os pacenses não devem “confiar num executivo que tem em mãos, desde há 8 anos, um dos maiores desastres ambientais da região, na ETAR de Arreigada, e que tarda em resolver”.

Neste sentido, a Iniciativa Liberal apresenta-se com o intuito de apresentar soluções para o concelho de Paços de Ferreira, de acordo com o partido, “com novas ideias e uma nova maneira de estar na política”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -