0.7 C
Munique
13.5 C
Porto
RegionalMais de 600 almoços diários servidos pela Câmara de Gaia

Mais de 600 almoços diários servidos pela Câmara de Gaia

Até ao momento, já foram distribuídos mais de 8 mil almoços, desde 25 de janeiro

Relacionados

Sindicato dos Trabalhadores acusa GNR de Paredes de recusar levantar auto de ocorrência na “Varandas de Sousa”

Na passada sexta-feira, quatro trabalhadoras foram impedidas de cumprir o horário laboral nas instalações da empresa “Varandas de Sousa”, na freguesia de Madalena, no...

Detidos por tráfico de droga no concelho de Amarante ficaram em prisão preventiva

A GNR deteve, na passada quinta-feira, cinco homens e três mulheres no âmbito de tráfico de droga no concelho de Amarante. Após estes terem sido...

Iniciativa Liberal instala-se no concelho de Valongo

Decorreu, na passada quinta-feira, no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, o plenário fundador do Núcleo Territorial de Valongo pertencente à Iniciativa Liberal,...

Desde a primeira semana de pausa letiva forçada que a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia fornece almoços a alunos do Escalão A da Ação Social Escolar, a estudantes de acolhimento nas escolas e a pessoas/famílias infetadas, ou não, impedidas de sair ou garantir própria alimentação, adianta o município de Gaia.

Até ao momento, já foram servidos 8.272 almoços, contabilizados desde 25 de janeiro, sendo que, de momento, somam-se mais de 650 por dia, número que nunca parou de crescer desde primeiro dia, onde já se contabilizavam 300. Das 650 refeições, 500 almoços são destinados a crianças e, cerca de 100, a adultos. Além dos almoços, são ainda servidos, por parte da autarquia, cerca de 80 lanches diários.

Para que esta ajuda chega às famílias, a Câmara de Gaia salienta que “implementou neste novo confinamento do país, integrando o conjunto de medidas que haviam sido asseguradas também em 2020”. Tendo em conta o contexto, a autarquia fornece “fichas e material de acompanhamento pedagógico para alunos sem acesso informático sinalizados pelos agrupamentos de escolas; mantém em funcionamento o programa GAIAaprende+ à distância, com cerca de 160 crianças inscritas; o programa GAIAaprende+(i), para alunos com necessidades especiais, continua em atividade nas unidades das escolas, mantendo-se, igualmente, o transporte diário destes alunos”.

Até ao momento, de acordo com a câmara, cerca de 20 crianças estão a frequentar as escolas de acolhimento do concelho, uma vez que são filhos de trabalhadores de serviços essenciais. No que respeita ao material necessário para assegurar o ensino à distância, foi realizado o “levantamento das necessidades de equipamento informático dos alunos do ensino básico para novo empréstimo dos 1.400 computadores adquiridos na primeira fase de pandemia, tendo sido adquiridos e distribuídos duzentos adicionais”, tendo sido, ainda, distribuídos routers a alunos que não tinham acesso à internet.

Publicidade
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido