DestaqueNúcleo da IL de Valongo esteve presente na IV Convenção da Iniciativa...

Núcleo da IL de Valongo esteve presente na IV Convenção da Iniciativa Liberal

Relacionados

Paredes: Homem morre após despiste de mota

Um homem, de 29 anos, morreu, no último sábado, dia 20 de julho, na sequência de um acidente na Rua da Ferrugenta em Lordelo,...

Paredes: Idosa morre após despiste de carro

Uma idosa, de 81 anos, morreu, na manhã do passado dia 17 de julho, quando o carro que conduzia se despistou e embateu contra...

Lousada: Homem é detido para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lousada relatou através de um comunicado que deteve, no passado dia 9 de julho,...

No decorrer do final de semana, no Centro de Congressos de Lisboa, realizou-se VI Convenção da Iniciativa Liberal, a qual contou com a presença de cerca de mil membros de forma presencial e remota na qual o Núcleo Territorial de Valongo esteve presente.

Durante a convenção, foi votada a nova declaração de princípios, 16 moções setoriais e nova moção estratégia, além da eleição da nova Comissão Executiva, encabeçada pelo deputado da Assembleia da República e atual líder do partido, João Cotrim Figueiredo, o qual renovou a liderança com 94% dos votos favoráveis.

Em nota, os liberais referem ter discutido vários pontos que consideraram importantes para os próximos anos de mandato na nova Comissão Executiva, contando com algumas caras novas, como Miguel Pina e Cunha (fundador do MEL), Ana Pedrosa Augusto (ex-Aliança) ou Cláudia Vasconcelos do Núcleo Territorial de Faro.

O debate ficou marcado pelos debates ideológicos e estratégicos, sobre as várias moções setoriais sobre a descentralização, a economia social, a sustentabilidade e a legislação laboral, entre outros. Os membros da Iniciativa Liberal, como Tiago Mayan Gonçalves, Carla Castro e Vicente Ferreira da Silva, fizeram os seus discursos, contribuindo para a disseminação da onda liberal pelo país.

Com o mote “Preparados” o presidente da Iniciativa Liberal assumiu que o atual crescimento quantitativo do partido não poderá afastar-se do crescimento qualitativo, sendo que no próximo dia 30 de janeiro os portugueses terão a oportunidade de escolher o liberalismo em prol do socialismo, para reverter a estagnação económica das últimas décadas sob domínio das políticas socialistas e sociais-democratas.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -