0.7 C
Munique
13.5 C
Porto
RegionalPenafielPenafiel: Professor condenado por abuso sexual só fica impedido de lecionar quando...

Penafiel: Professor condenado por abuso sexual só fica impedido de lecionar quando decisão transitar em julgado

O docente tem 49 anos e foi condenado por ter cometido 15 crimes de abuso sexual de menores. As vítimas foram duas alunas de nove e 12 anos

Relacionados

Sindicato dos Trabalhadores acusa GNR de Paredes de recusar levantar auto de ocorrência na “Varandas de Sousa”

Na passada sexta-feira, quatro trabalhadoras foram impedidas de cumprir o horário laboral nas instalações da empresa “Varandas de Sousa”, na freguesia de Madalena, no...

Detidos por tráfico de droga no concelho de Amarante ficaram em prisão preventiva

A GNR deteve, na passada quinta-feira, cinco homens e três mulheres no âmbito de tráfico de droga no concelho de Amarante. Após estes terem sido...

Iniciativa Liberal instala-se no concelho de Valongo

Decorreu, na passada quinta-feira, no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, o plenário fundador do Núcleo Territorial de Valongo pertencente à Iniciativa Liberal,...

Um professor foi condenado pelo Tribunal de Penafiel a cinco anos de prisão. O Expresso avança que o docente de 49 anos cometeu 15 crimes de abuso sexual de menores, sendo as vítimas alunas de nove e 12 anos.

Por decisão do tribunal, o arguido fica proibido de exercer funções que envolvam menores durante um período de cinco anos. No entanto, apesar de já ter sido deliberada a decisão, esta só lhe poderá ser aplicada depois desta “transitar em julgado”, o que ainda não aconteceu.

Os crimes ocorreram no ano letivo de 2014/2015 numa escola no concelho de Penafiel e a queixa foi apenas formalizada “cinco anos depois das menores terem feito queixa aos responsáveis da escola”, avança o Expresso.

Depois do sucedido, o professor terá deixado a escola, mas continuou a lecionar noutro estabelecimento em Vila Real. As vítimas em causa receberão uma indeminização de 1700 e 1400 euros e o professor será obrigado a realizar uma avaliação clínica na área da sexualidade.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido