1.4 C
Munique
6.4 C
Porto
RegionalPorto: Ocupante de autocaravana foi sequestrado, espancado e roubado

Porto: Ocupante de autocaravana foi sequestrado, espancado e roubado

O ocupante foi agredido violentamente e amarrado na parte traseira da viatura. Os agressores apoderaram-se do cartão multibanco da vítima e realizaram compras e levantamentos.

Relacionados

GNR e Polícia Municipal de Paredes fiscalizam autocarros e transportes escolares

A GNR e a Polícia Municipal de Paredes procederam a uma ação de fiscalização conjunta aos autocarros e transportes escolares, na Escola Secundária e...

Freguesias de Amarante terão um Balcão SNS24 para apoiar os Centros de Saúde

O Município em parceria com o ACES Baixo Tâmega prepara-se para instalar Balcões do SNS24 em Ansiães e Gondar, criando condições de maior proximidade...

GNR apreendeu 5 mil artigos pirotécnicos em Paredes

A GNR de Penafiel apreendeu, na passada quarta-feira, cerca de 5 mil artigos pirotécnicos e identificou um homem de 31 anos pela venda de...

Um ocupante de uma autocaravana foi sequestrado no Porto por dois homens, um deles já detido. A vítima foi forçada a “dar-lhes o cartão multibanco e respetivo código”, avança o Observador, o qual foi usado para compras e levantamentos, avançou a Polícia Judiciária.

De acordo com um comunicado policial, a autocaravana estava estacionada no Porto e dois assaltantes atuaram quando o ocupante estava a dormir no interior. Por voltas das 07h00 de quarta-feira, este foi agredido “violentamente e amarrando-o na parte traseira daquela viatura”.

Já na posse da autocaravana, os suspeitos dirigiram-se para Santo Tirso, onde realizaram levantamentos em caixas multibanco e realizaram compras, cujo “código PIN foi fornecido pelo ofendido após ser sujeito a violentas sevícias”, evidencia o comunicado.

Os crimes foram realizados num período de cinco horas, onde a vítima esteve “sempre manietada de braços e pernas, no interior da autocaravana, até que, aproveitando a desatenção de um dos sequestradores, quando estavam a fazer compras, conseguiu libertar-se e fugir”, acrescenta.

O detido, com 31 anos, está desempregado e tem antecedentes criminais contra a propriedade. Este será presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação adequadas.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido