-1.4 C
Munique
6.7 C
Porto
DestaquePSD de Paços de Ferreira acusa PS de dificultar a participação dos...

PSD de Paços de Ferreira acusa PS de dificultar a participação dos cidadãos na Assembleia Municipal

O PSD de Paços de Ferreira acrescenta ainda que o “regimento enviado à Assembleia para discussão não contempla a regulamentação das transmissões online das Assembleias Municipais, nem a regulação do exercício das petições públicas, como havia sido consensualizado”

Relacionados

Cinfães conta com nova unidade de saúde em Nespereira

As novas instalações da Unidade de Saúde de Nespereira, em Cinfães, entraram em funcionamento hoje e servirão 1725 utentes. A Administração Regional de Saúde do...

Felgueiras acolhe oficina de inovação para capacitar tecido empresarial

O Município de Felgueiras avança que, face ao contexto pandémico, que acrescentou grandes adversidades ao tecido empresarial e introduziu mudanças na lógica e comportamento...

GNR e Polícia Municipal de Paredes fiscalizam autocarros e transportes escolares

A GNR e a Polícia Municipal de Paredes procederam a uma ação de fiscalização conjunta aos autocarros e transportes escolares, na Escola Secundária e...

O PSD de Paços de Ferreira avançou, em comunicado, que a discussão do Regimento da Assembleia Municipal do PS confirma o “estilo que tem caracterizado as atitudes do PS nos últimos anos” no concelho de Paços de Ferreira, “em que a insinuação e o insulto gratuito são uma constante”, esclarece.

Assim, a partir do regimento consensualizado pelo líder da bancada parlamentar do PSD e o líder da Bancada parlamentar do PS previa no n.º 2 do artigo 28.º que “durante o período de intervenção aberto ao público, qualquer cidadão pode solicitar os esclarecimentos que entender sobre assuntos relacionados com o município, devendo para o efeito proceder à sua inscrição na mesa”, evidencia o partido.

No entanto, no decorrer da Assembleia Municipal, o presidente da Assembleia Municipal referiu que o número 2 do artigo 28 seria retirado. O PSD de Paços de Ferreira acrescenta ainda que o “regimento enviado à Assembleia para discussão não contempla a regulamentação das transmissões online das Assembleias Municipais, nem a regulação do exercício das petições públicas, como havia sido consensualizado”.

Face a estas evidencias, o partido considera que não se deve condicionar a participação dos concidadãos na vida do concelho, nomeadamente nas Assembleias Municipais, onde o PSD de Paços de Ferreira manifestou o “desagrado e votou contra o regimento”.

O partido acrescenta, ainda, que o Partido Socialista chegou a fechar as portas da Assembleia Municipal aos concidadãos do concelho e, agora, pretende dificultar a participação dos mesmos.

O PSD de Paços de Ferreira esclarece, em comunicado, que o constante “recurso à calúnia, à injúria, à difamação e à má criação de discurso, de onde se destaca, a título de exemplo, o facto de tentarem denegrir Alexandre Costa pela sua atividade profissional, só se pode compreender pelo incómodo político que esta Nova Atitude está a incrementar no dia-a-dia do nosso concelho”, conclui.

 

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido