19.3 C
Munique
18.6 C
Porto
DestaquePsicóloga clínica do CHTS faz balanço do comportamento dos mais jovens em...

Psicóloga clínica do CHTS faz balanço do comportamento dos mais jovens em tempos de pandemia

Alexandra Ribeiro, psicóloga clínica do CHTS, faz balanço da saúde mental dos mais jovens desde um momento pré pandemia até à atualidade.

Relacionados

Conheça os candidatos do Partido Socialista à Câmara Municipal de Paredes

O Partido Socialista de Paredes apresentou a recandidatura de Alexandre Almeida à Câmara Municipal. O recandidato à Câmara Municipal de Paredes tem 47 anos e...

Vereador da Trofa ilibado e ex-líder do Trofense condenado por desviar subsídio

O tribunal de Matosinhos condenou, hoje, o antigo presidente do Trofense, Paulo Melro, por desviar para o futebol profissional subsídios camarários atribuídos ao desporto...

Meia maratona do Porto condiciona o trânsito a partir de sexta-feira

A 14ª meia maratona do Porto irá provocar, a partir de sexta-feira e, até domingo, o trânsito permanecerá condicionado, bem como o estacionamento, em...

Alexandra Ribeiro é psicóloga clínica no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, tendo vindo a acompanhar os mais jovens, crianças e adolescentes até aos 18 anos, com especial atenção a partir de março de 2020, início da pandemia.

A adaptação à nova realidade e ao dever de confinamento impôs limites às crianças e adolescentes, que viram as suas interações sociais limitadas e a necessidade de se focarem nos meios digitais para manter uma vida “normal”.

Face à realidade, e para acompanhar os utentes mais novos que necessitam do apoio de um psicólogo, Alexandra Ribeiro narra a adaptação realizada pelos psicólogos no que diz respeito às consultas, efetuadas à distância ou presencialmente, mas com máscara. A psicóloga clínica confessa que também, para si, foi difícil, uma vez que os sinais eram mais difíceis de analisar com a máscara colocada, e o contacto quando realizado à distância era diferente.

Ao longo da entrevista, o EMISSOR procurou perceber quais as maiores barreiras no acompanhamento destes jovens, quais os principais problemas que foram surgindo no confinamento e que tipo de soluções foram avançadas pelos psicólogos para viver em tempos de pandemia.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido