3.8 C
Munique
12.5 C
Porto
DestaqueAlunos do 3º ciclo e secundário, professores e funcionários serão testados no...

Alunos do 3º ciclo e secundário, professores e funcionários serão testados no regresso às aulas

Relacionados

Paços de Ferreira – Presidente de Câmara Municipal, Humberto Brito, acusado de maus-tratos

O presidente do Município de Pacense, Humberto Brito, foi acusado de violência doméstica contra a mulher, de quem se divorciou. Em 2021, o juiz decide...

PSD de Paredes e Paços de Ferreira visitam CFPIMM

As concelhias políticas do PSD de Paredes e Paços de Ferreira visitaram no passado dia 31 de janeiro, o CFPIMM (Centro de Formação Profissional...

Paredes – Apreensão de material de jogo ilegal

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lordelo, no dia 31 de janeiro, apreendeu material destinado à prática de jogo ilegal,...

Na sequência de um parecer emitido na passada quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), foi tomada uma decisão do Ministério da Educação, recomendando a testagem da comunidade escolar, independentemente dos alunos estarem vacinados ou não.

Isto é, entre 14 e 15 de setembro, início do ano letivo, e até dia 15 de outubro, deverão ser testados todos os alunos do 3º ciclo e secundário, bem como os funcionários de todos os níveis de ensino. De acordo com a tutela, estes rastreios decorrerão em três fases.

De acordo com o DN, “até ao final da primeira semana de aulas, serão testados os professores e funcionários, num exercício que começa a 06 de setembro e termina no dia 17. Seguem-se os alunos do secundário nas duas semanas seguintes, entre 20 de setembro e 01 de outubro, e finalmente os alunos do 3º ciclo, entre 04 e 15 de outubro”.

O Ministério da Educação justificou a medida referindo que “o sucesso da Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2” demonstrou a relação entre casos de infeção em contexto escolar a incidência na comunidade.

A Direção-Geral da Saúde refere ainda que “esta testagem se faz sem prejuízo da realização futura de testes por motivo de investigação de casos, contactos e/ou surtos na comunidade escolar”. Além dos rastreios no início do ano letivo, uma parte da comunidade escolar já deverá estar vacinada nessa altura.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido