DestaqueBarcelos – Arguida por burla qualificada, extorsão e branqueamento

Barcelos – Arguida por burla qualificada, extorsão e branqueamento

Relacionados

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

Freamunde: viagens escolares levantam suspeitas

Comportamentos de auxiliar aos alunos de Freamunde nas viagens escolares levanta suspeitas Os encarregados de educação de alunos do Centro Escolar de Freamunde estão a...

Paredes: Homem com antecedentes é detido por violência doméstica

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel deteve, no passado dia 10 de maio,...

O Comando Territorial de Braga, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Guimarães, ontem, dia 6 de dezembro, constituiu arguida uma mulher de 27 anos, pelos crimes de burla qualificada, extorsão e branqueamento, em Barcelos.

WORKIT-12ano

No âmbito de uma investigação que decorreu durante três meses, foi possível apurar que a suspeita selecionava as vítimas através das redes sociais, em páginas relacionadas com práticas de esoterismo, onde as persuadia a realizar transferências bancárias para a execução de serviços espirituais para melhorar as suas vidas. Se as vítimas recusassem a continuação dos pagamentos eram ameaçadas com a divulgação pública de dados pessoais e íntimos.

No decorrer das diligências de investigação, os militares da Guarda deram cumprimento a três mandados de busca, das quais uma domiciliária, uma em estabelecimento e em instituição bancária, que permitiram apreender dois telemóveis e o saldo de uma conta bancária utilizada para o deposito dos valores conseguidos e as transações de dinheiro com as vítimas.

A suspeita foi constituída arguida e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial Povoa de Lanhoso.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -