DestaqueParedes - Município apresenta candidatura ao PRR “Paredes + resiliente”

Paredes – Município apresenta candidatura ao PRR “Paredes + resiliente”

Relacionados

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

Freamunde: viagens escolares levantam suspeitas

Comportamentos de auxiliar aos alunos de Freamunde nas viagens escolares levanta suspeitas Os encarregados de educação de alunos do Centro Escolar de Freamunde estão a...

Paredes: Homem com antecedentes é detido por violência doméstica

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel deteve, no passado dia 10 de maio,...

O município apresentou esta candidatura para atuar em territórios mais vulneráveis com risco de incêndios rurais e para a perda de biodiversidade. São previstas intervenções para as zonas de Aguiar, Alvre, Brandão, Sarnada, Senhora do Salto, em Aguiar de Sousa, para Quinta, Casconha, Santa Comba e Vilar, em Aguiar de Sousa e Além do Rio em Recarei.

Esta candidatura tem como principal objetivo, segundo a Câmara Municipal de Paredes de “atuar nos territórios vulneráveis, ao nível da perigosidade de incendio e ocupação e uso do solo atual, aumentando a resiliência dos territórios vulneráveis face aos riscos associados às alterações climáticas, em particular os incêndios rurais e a perda de biodiversidade, promovendo o crescimento sustentável e a coesão territorial”.

As ações propostas na candidatura passam pela recuperação dos territórios agrícolas ou agroflorestais abandonados e reconversão dos territórios florestais para usos agrícolas e silvo pastorais. Outra das propostas é também a criação e a recuperação de “áreas de valorização de paisagem” intervenções essas que visam a recuperação da identidade destas áreas de lazer e espaços verdes e das estruturas de rega e drenagem.

Os proprietários, arrendatários ou usufrutuários dos terrenos em causa devem dirigir-se ao gabinete da proteção civil do município, para se identificarem e autorização das  intervenções propostas pela autarquia nos seus terrenos.

 

 

 

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -