DestaquePenafiel - Menina de 13 anos perde a vida subitamente

Penafiel – Menina de 13 anos perde a vida subitamente

Relacionados

Lousada: Homem morre após ser atingido por estrutura metálica

Um homem de 28 anos morreu, na tarde da passada terça-feira, dia 9 de julho, depois de ser atingido na cabeça por uma estrutura...

Paredes: Homem morre após ser atropelado

Um homem, de 70 anos, morreu, na passada sexta-feira, dia 5 de julho, após ter sido atropelado por um automóvel na Avenida da República,...

Penafiel: Homem é detido por violência doméstica e violação

A Polícia Judiciária deteve um homem de 54 anos suspeito de violência doméstica e de violação sobre a mulher há mais de um ano...

Uma menina de 13 anos morreu, na manhã da última segunda-feira, no recinto do Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste, em Cabeça Santa, vítima de doença súbdita.

O alerta foi dado às 07h50 e, de acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários de Entre-os-Rios, para socorrer uma menina de 13 anos que se encontrava inconsciente. No local estiveram dois operacionais e uma viatura dos Bombeiros de Entre-os-Rios, a VMER do Vale do Sousa, uma equipa da Unidade Móvel de Intervenção Psicológica de Emergência do INEM, e a GNR das Termas de São Vicente.

Segundo o JN, a menina, natural de Abragão, disse aos colegas no recreio que se estava a sentir mal e caiu inanimada. O óbito foi declarado no local e o corpo foi transportado para o Instituto de Medicina Legal do Hospital Padre Américo, em Penafiel, para autópsia.

A situação deixou em choque a comunidade escolar e, esta tarde, o diretor do Agrupamento de Escolas de Penafiel Sudeste partilhou uma mensagem de pesar na página do Facebook do Agrupamento. O diretor António Sorte escreveu: “Comunicamos com pesar o falecimento da nossa querida aluna. Hoje é um dia muito triste para a comunidade escolar e educativa de Penafiel Sudeste.

Antes do início das aulas, por volta das 7.40 horas, a aluna encontrava-se junto à porta da sua sala de aula, quando desfaleceu e entrou em paragem cardiorrespiratória. Foram acionados todos os meios de socorro, Bombeiros e INEM. Mas, lamentavelmente os cuidados médicos prestados foram infrutíferos, uma vez que a situação não se conseguiu reverter. Os psicólogos do INEM e da Escola, conjuntamente com a direção, tiveram como prioridade o apoio aos pais, seguidamente aos alunos e comunidade escolar, estando apenas neste momento a partilhar publicamente esta triste ocorrência. Os sentidos pêsames a toda a família, amigos, comunidade educativa e escolar. Nos nossos corações e na nossa mente ficará eternamente o seu sorriso”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -