EconomiaDireção-Geral do Consumidor alerta para a verificação de preços nas lojas e...

Direção-Geral do Consumidor alerta para a verificação de preços nas lojas e internet

Relacionados

Paços de Ferreira: Três homens detidos por furto qualificado

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Felgueiras deteve, no passado dia 22 de maio, três homens com...

Paços de Ferreira: Monte do Pilar recebe Prova de Trial

No próximo dia 26 de maio, o Monte do Pilar, em Penamaior, vai receber uma prova do Campeonato Nacional de Trial, inserida no calendário...

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

Na época de promoções da Black Friday e Cyber Monday, a Direção-Geral do Consumidor divulga várias informações e esclarecimentos.

O Governo alerta para a verificação antecipada dos preços na loja e na internet, a fim de poderem avaliar a relação entre o preço e o desconto praticado, nomeadamente através dos compradores de valores de venda de produtos, por forma a calcular as vantagens oferecidas.

Deverão ainda ser verificadas as políticas de trocas e devoluções praticadas em cada estabelecimento, tendo especial cuidado com as promoções, dando abertura para os consumidores reclamarem caso detetem publicidade agressiva ou enganosa, uma vez que constituem práticas proibidas, sendo a Direção-Geral do Consumidor a entidade competente na matéria.

De acordo com as regras legais que regulam as práticas comerciais com a redução de preço, onde se inclui a Black Friday e a Cyber Monday, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica fiscalizou mais de 32.500 operadoras de vendas em loja física e em linha entre o início de 2019 e o dia 8 de novembro de 2021.

A ASAE detetou 260 infrações, traduzindo-se numa taxa de incumprimento de 9%, registando-se ainda 1.812 infrações em linha, 6% da taxa de incumprimento específica. Foi revelado que o número de processos por contraordenação decididos foi de aproximadamente 1.780, ascendendo a 1.569.222,65 euros em coimas aplicadas.

Entre as infrações detetadas, destacou-se o desrespeito das regras do anúncio de venda com redução de preços, sendo que, por este motivo, a Direção-Geral do Consumo recomenda prudência e atenção no momento da escolha e compra de bens de consumo ou serviços, em particular na Black Friday e Cyber Monday.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -