-1.9 C
Munique
13.1 C
Porto
NacionalAtribuídos 250 milhões de euros para requalificação e reforço da rede social

Atribuídos 250 milhões de euros para requalificação e reforço da rede social

A Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, referiu que os 250 milhões de euros serão distribuídos pelas 22 mil vagas, seja de creches, respostas para o envelhecimento e respostas para as pessoas com deficiência

Relacionados

Sindicato dos Trabalhadores acusa GNR de Paredes de recusar levantar auto de ocorrência na “Varandas de Sousa”

Na passada sexta-feira, quatro trabalhadoras foram impedidas de cumprir o horário laboral nas instalações da empresa “Varandas de Sousa”, na freguesia de Madalena, no...

Detidos por tráfico de droga no concelho de Amarante ficaram em prisão preventiva

A GNR deteve, na passada quinta-feira, cinco homens e três mulheres no âmbito de tráfico de droga no concelho de Amarante. Após estes terem sido...

Iniciativa Liberal instala-se no concelho de Valongo

Decorreu, na passada quinta-feira, no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, o plenário fundador do Núcleo Territorial de Valongo pertencente à Iniciativa Liberal,...

Esta segunda-feira, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, lançou um aviso de “250 milhões de euros para 22 mil vagas, seja de creches, respostas para o envelhecimento e respostas para as pessoas com deficiência”.

A ministra salientou, no Pavilhão Multiusos de Gondomar, durante a sessão de lançamento do aviso de candidaturas, que se trata do “aviso com maior dotação lançado em termos de equipamentos sociais”, sendo que o programa abrange todo o território nacional.

Ana Mendes Godinho declarou que as candidaturas ao programa de requalificação e alargamento da rede de equipamentos e respostas sociais, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, poderão ser apresentadas entre o dia 7 de dezembro e 22 de fevereiro sendo que, até lá, decorrerão “webinars” para divulgação do programa e esclarecimento aos interessados.

O programa pretende reforçar e alargar vários tipos de respostas sociais, nomeadamente ao nível das estruturas residenciais para pessoas idosas, centros de dias, creches, centro de atividades e capacitação para a inclusão e residências autónomas.

A ministra considera que o setor social e solidário poderá vir a ser um elemento de “grande mobilização do PRR”, salientando ainda que o aviso das candidaturas ao programa de Requalificação e Alargamento da Rede de Equipamentos e Respostas Sociais pode ser consultado nos ‘sites’ da Segurança Social e do Recuperar Portugal.

O aviso, publicado esta segunda-feira, foi contabilizado como o segundo no âmbito do segmento Nova Geração de Equipamentos e Respostas Sociais, do PRR, cm uma dotação total superior a 417 milhões de euros, sendo que o primeiro se prendeu com a mobilidade verde social.

No decorrer da presente semana, Ana Mendes Godinho revelou que serão apresentados os resultados do concurso de mobilidade verde social, que contou com 62,5 milhões de euros e abrangeu 2.500 viaturas 100% elétricas.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido