EconomiaParedes - Insolvência financeira

Paredes – Insolvência financeira

Relacionados

Santo Tirso: Homem morre na A3 num acidente enquanto fugia em contramão

Um homem, de 33 anos, suspeito de um roubo em Braga, morreu na madrugada da passada segunda-feira, na sequência de um acidente, em Santo...

Felgueiras: Jovem morre após despiste de mota

Um jovem de 24 anos morreu na sequência de um acidente de viação, na passada quarta-feira, dia 21 de fevereiro, na Lixa, concelho de...

Valongo: Homem morre após despiste contra paragem de autocarro

Um homem, de 48 anos, morreu, na noite do passado domingo, 18 de fevereiro, num acidente de viação na freguesia de Sobrado, em Valongo. O...

PSD Paredes em comunicado, acusa Alexandre Almeida de colocar o concelho em insolvência financeira

O Tribunal de Contas (TC) voltou a indeferir o recurso apresentado pela Câmara de Paredes que visava solicitar à banca um empréstimo de 21 milhões de euros para pagar o resgaste à Be Water. A verdade é que o Tribunal de Contas, tal como já o tinha feito recentemente, voltou a rejeitar a proposta de Alexandre Almeida.

O edil, no entanto, perante a recusa sistemática do TC sobre este “dossier”, vai recorrer a um empréstimo pela via normal, usando o pouco que resta, da sua capacidade de endividamento – cerca de 25 milhões de euros.

O PSD de Paredes, e a vereação social-democrata, lamenta “ a embrulhada em que Alexandre Almeida se meteu e que vai colocar o concelho em insolvência financeira para os próximos anos, hipotecando assim o desenvolvimento económico, financeiro e social do município, com o incalculável prejuízo de todos os paredenses ”, acusa Ricardo Sousa, presidente do PSD de Paredes e líder da oposição na vereação da  Câmara.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -