InternacionalLamoso Abre as Portas aos Refugiados

Lamoso Abre as Portas aos Refugiados

Relacionados

Paços de Ferreira: Atletas Pacenses destacam-se no Campeonato Nacional

Nos passados dias 4 e 7 de abril, o Complexo Olímpico de Piscinas de Coimbra recebeu os Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Absolutos...

Protocolo impulsionador do Enoturismo no Douro e Tâmega é assinado

A Associação de Municípios do Douro e Tâmega e a Associação Empresarial de Amarante (AEA) celebraram esta segunda-feira, 8 de abril, após aprovação em reunião...

Paredes: Tribunal altera pena de homem que matou três ciclistas em 2019

O Tribunal da Relação do Porto alterou para prisão efetiva a pena aplicada ao condutor que matou dois motociclistas e feriu um terceiro, na...

A situação que o povo ucraniano vive leva a que todos os países europeus se organizem e recebam milhões de seres humanos que fogem da guerra. É o que acontece neste momento no nosso país e também no concelho de Paços de Ferreira.

Em Lamoso, Maria Cândida Martins, angariou mais de 45 caixas de bens para ajudar todos os refugiados que se deslocassem para o nosso país. “No início pediram-me para fazer uma recolha de porta a porta e como eu trabalhei muitos anos por minha conta na terra onde eu moro, a maioria das pessoas conhece-me, eu fui. Recolhi muitos bens, na primeira recolha foram 30 caixas, na segunda foram 15 caixas e ainda tenho mais umas 4 para levar.”, informa.

Os serviços de ação social da Câmara Municipal de Paços de Ferreira têm alojado, sobretudo de mulheres e crianças ucranianas, em habitações cedidas por famílias do concelho.

“O concelho, como um todo, está fortemente mobilizado no apoio a estas famílias. Para além da Câmara Municipal, este é e continuará a ser um trabalho em rede e que envolve várias instituições, empresas e cidadãos.”, comunica o município.

Acredita-se que em Lamoso já estejam alojadas cerca de 6 famílias ucranianas.

De forma a agradecer toda a ajuda da população, Maria Cândida Martins, agradece de uma forma geral, a todas as pessoas por se terem sensibilizado com a situação.

Tentamos, também, saber qual a situação de outros municípios do Vale do Sousa, mas não foram obtidas respostas por parte dos mesmos.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -