0.7 C
Munique
13.5 C
Porto
NacionalCrimes de violência doméstica com uso de armas brancas estão a crescer...

Crimes de violência doméstica com uso de armas brancas estão a crescer em Portugal

O diretor da PSP avançou que a “intensidade da violência usada para cometer os crimes violentos e graves tem aumentado”

Relacionados

Sindicato dos Trabalhadores acusa GNR de Paredes de recusar levantar auto de ocorrência na “Varandas de Sousa”

Na passada sexta-feira, quatro trabalhadoras foram impedidas de cumprir o horário laboral nas instalações da empresa “Varandas de Sousa”, na freguesia de Madalena, no...

Detidos por tráfico de droga no concelho de Amarante ficaram em prisão preventiva

A GNR deteve, na passada quinta-feira, cinco homens e três mulheres no âmbito de tráfico de droga no concelho de Amarante. Após estes terem sido...

Iniciativa Liberal instala-se no concelho de Valongo

Decorreu, na passada quinta-feira, no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, o plenário fundador do Núcleo Territorial de Valongo pertencente à Iniciativa Liberal,...

O diretor nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), Magina Silva, avançou, ontem, que os crimes de violência doméstica com uso de armas brancas ou da força estão a crescer em Portugal.

De acordo com Magina da Silva em declarações à Lusa, os números da criminalidade violenta e grave não parecem, na sua perspetiva, estarem a subir, face aos números anteriores da pandemia, no entanto, “a intensidade da violência usada para cometer os crimes violentos e graves tem aumentado”, referiu o diretor da PSP.

O diretor da PSP detalhou que “o volume da criminalidade não será superior aos anos pré-pandemia, mas sentimos que por parte de quem comete os crimes associados à criminalidade violenta e grave os comete com uma intensidade de violência que nos parece ser mais intensa do que anos anteriores”, referiu.

No que  níveis de criminalidade, bem como os de sinistralidade rodoviária, subiram com o desconfinamento, de acordo com a PSP, “chegando a patamares semelhantes aos registados antes da pandemia”, considera.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido