DestaqueGoverno avança ao PS a implementação de novas medidas para o uso...

Governo avança ao PS a implementação de novas medidas para o uso de máscara, testagem e reforço nas entradas e saídas do país

Relacionados

Paços de Ferreira: Três homens detidos por furto qualificado

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Felgueiras deteve, no passado dia 22 de maio, três homens com...

Paços de Ferreira: Monte do Pilar recebe Prova de Trial

No próximo dia 26 de maio, o Monte do Pilar, em Penamaior, vai receber uma prova do Campeonato Nacional de Trial, inserida no calendário...

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

No decorrer da tarde de ontem, José Luís Carneiro, secretário-geral adjunto do PS, conjuntamente com a presidente da bancada do Partido Socialista (PS), Ana Catarina Mendes, e o secretário nacional adjunto do PS, Pedro Cegonho, reuniram com o primeiro ministro, com a ministra da Saúde e com os membros do Governo, salientando a importância de Portugal para continuar a adotar medidas de mitigação da Covid-19 e reforçar a vacinação.

O secretário-geral do PS indicou a importância de ter consciência para o número de contágios, o qual em vindo a aumentar de uma forma expressiva em vários países europeus, sendo já oito os países europeus que, no âmbito das medidas que têm de adotar, estão a provocar reações negativas da parte das sociedades, revelou.

A importância do reforço de algumas medidas e a aceleração da terceira dose antes do período natalício, é realizada “uma propensão para maiores contactos pessoais e familiares”, esclareceu.

José Luís Carneiro lembrou o trabalho realizado em Portugal no âmbito vacinação, onde a presidente da Comissão Europeia deu conta que “via com muito apreço que Portugal fosse dos melhores países no Europa e no mundo”, frisando que os países que estão mais avançados no processo tiveram “30 vezes menos mortes do que estão a ter aqueles países que têm níveis mais baixos de vacinação”, completa.

Para a próxima fase da vacinação, o vice-presidente do PS estima que se alcancem, nas próximas semanas, “mais de um milhão e 800 mil portugueses”.

Foi ainda realizado um apelo à responsabilidade individual dos portugueses para a preparação das “medidas de reforço”, como é o caso do uso da máscara, da testagem no acesso a recintos fechados e a necessidade de transformar o certificado de vacinação e a testagem “num procedimento regular nas nossas vidas”, alertou.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -