DestaqueGoverno reforça medidas para combater o desemprego jovem

Governo reforça medidas para combater o desemprego jovem

Relacionados

Paredes: Homem morre após despiste de mota

Um homem, de 29 anos, morreu, no último sábado, dia 20 de julho, na sequência de um acidente na Rua da Ferrugenta em Lordelo,...

Paredes: Idosa morre após despiste de carro

Uma idosa, de 81 anos, morreu, na manhã do passado dia 17 de julho, quando o carro que conduzia se despistou e embateu contra...

Lousada: Homem é detido para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lousada relatou através de um comunicado que deteve, no passado dia 9 de julho,...

O Governo aprovou o reforço do programa “Garantia jovem” com um conjunto de medidas fortes para combater o desemprego jovem.

No decorrer de uma conferência de imprensa, após a reunião do Conselho de Ministros, Ana Mendes Godinho, Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social do Porto, evidenciou que a “grande preocupação é uma aposta e um programa intenso de resposta ao desemprego jovem com foco na inserção no mercado de trabalho”.

Entre as medidas aprovadas, inclui-se a criação de Incubadoras Sociais de Emprego, permitindo orientar respostas personalizadas para a integração no mercado de trabalho, com um apoio à contratação de 30 mil pessoas ao abrigo de um programa de Compromisso Emprego Sustentável, o qual estará disponível a partir de janeiro.

A Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança avançou, igualmente, que a adoção de mecanismos de combate aos estereótipos do género no mercado de trabalho, nomeadamente nas áreas tecnológicas, referindo que existirão “programas direcionados à inclusão de públicos vulneráveis através do mercado social de emprego ou de programas específicos destinados, por exemplo, a reclusos”.

A Ministra salientou que a taxa de desemprego jovem é de 22,6%, sendo este um número que continua servir de orientação para a contínua aplicação de medidas específicas direcionadas aos jovens para a integração no mercado de trabalho.

O Governo aprovou, igualmente, um diploma que procede à simplificação e reforma do processo de licenciamento dos equipamentos sociais. Ana Mendes Godinho explicou, inclusive, que o diploma permitirá eliminar a situação de duplo licenciamento para promoção de uma maior agilidade e celeridade na capacidade de requalificação e alargamento das respostas sociais.

A Ministra do Trabalho destacou que passará a ter “um processo mais simplificado na instalação do equipamento, passando a necessitar apenas de uma licença camarária”, acrescentando que “a entidade que queira entrar em funcionamento faz uma comunicação à Segurança Social para entrar em funcionamento, podendo a Segurança Social fazer uma vistoria no prazo de 30 dias”, refere.

A medida pretende combater os lares ilegais, tendo cada vez mais uma forma simples de entrada na economia formal, a fim de dar respostas para cumprimento dos requisitos e introduzindo, ainda, as condições necessárias ao funcionamento de respostas sociais inovadoras, através de parecer prévio e enquadramento pela Segurança Social.

O Governo determinou, ainda, o alargamento do Estatuto do Cuidador Informal a todo o país, depois da implementação em 2019 de 30 projetos-pilotos para “testar e avaliar a aplicação” do estatuto.

Este estatuto aplicar-se-á a todos os concelhos com medidas de apoio ao cuidador informal, tais como “descanso do cuidador, a promoção na integração no mercado de trabalho ou o subsídio de apoio ao cuidador informal passam agora a poder ser aplicadas em todo o território continental”.

Irá ser simplificado o processo de reconhecimento e atribuição do subsídio, diminuindo os prazos de deferimento e eliminando alguns documentos probatórios, prevendo-se o alargamento das medidas de apoio, nomeadamente de descanso do cuidador no âmbito da Rede nacional de Cuidados Continuados em Saúde Mental e o alargamento das condições de acesso ao Estatuto.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -