-1.4 C
Munique
6.7 C
Porto
NacionalINE regista diminuição nos indicadores de confiança dos Consumidores e no clima...

INE regista diminuição nos indicadores de confiança dos Consumidores e no clima económico

Nos últimos três meses, o saldo das perspetivas dos consumidores, relativas à evolução dos preços aumentou de forma expressiva em outubro e novembro, atingindo o valor máximo dos últimos dez anos

Relacionados

Cinfães conta com nova unidade de saúde em Nespereira

As novas instalações da Unidade de Saúde de Nespereira, em Cinfães, entraram em funcionamento hoje e servirão 1725 utentes. A Administração Regional de Saúde do...

Felgueiras acolhe oficina de inovação para capacitar tecido empresarial

O Município de Felgueiras avança que, face ao contexto pandémico, que acrescentou grandes adversidades ao tecido empresarial e introduziu mudanças na lógica e comportamento...

GNR e Polícia Municipal de Paredes fiscalizam autocarros e transportes escolares

A GNR e a Polícia Municipal de Paredes procederam a uma ação de fiscalização conjunta aos autocarros e transportes escolares, na Escola Secundária e...

De acordo com um estudo publicado pelo Instituto Nacional de Estatística, no dia de hoje, é possível verificar que, no decorrer do mês de outubro e novembro de 2021, o indicador de confiança dos consumidores sofreu uma diminuição significativa, quer ao nível da Construção e Obras Públicas e no Comércio, bem como na Indústria Transformadora e dos Serviços.

No mês de novembro, no âmbito da Construção de Obras Públicas e no Comércio, foi onde se registou uma diminuição mais significativa, após ter sido registado um aumento nos meses de agosto e setembro.

O INE avança, ainda, que o indicador de confiança aumentou no mês de novembro no setor da Indústria Transformadora, contrariando a diminuição observada no mês anterior. No caso dos serviços, houve uma prolongação do movimento do mês de outubro.

Nos últimos três meses, o saldo das perspetivas dos consumidores, relativas à evolução dos preços aumentou de forma expressiva em outubro e novembro, atingindo o valor máximo dos últimos dez anos.

As expectativas dos empresários sobre a evolução futura dos preços de venda atingiram o valor máximo das respetivas séries na Construção e Obras Públicas, enquanto que, na Indústria Transformadora, situam-se no valor máximo desde novembro de 1990, sendo que o saldo das expectativas de evolução dos preços de prestação de Serviços aproximou-se do máximo da série, registado em novembro de 2005.

Os dados relativos aos consumidores foram recolhidos no decorrer do mês de novembro, entre os dias 2 e 12, tendo sido obtidas 1296 respostas, através de entrevistas telefónicas. Já no caso dos inquéritos às empresas, os dados foram recolhidos entre o dia 1 e 23 de dezembro.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido