DestaquePortugal entra em Estado de Calamidade a 1 de dezembro. Governo estipula...

Portugal entra em Estado de Calamidade a 1 de dezembro. Governo estipula novas medidas de combate à pandemia

Relacionados

Santo Tirso: Homem morre na A3 num acidente enquanto fugia em contramão

Um homem, de 33 anos, suspeito de um roubo em Braga, morreu na madrugada da passada segunda-feira, na sequência de um acidente, em Santo...

Felgueiras: Jovem morre após despiste de mota

Um jovem de 24 anos morreu na sequência de um acidente de viação, na passada quarta-feira, dia 21 de fevereiro, na Lixa, concelho de...

Valongo: Homem morre após despiste contra paragem de autocarro

Um homem, de 48 anos, morreu, na noite do passado domingo, 18 de fevereiro, num acidente de viação na freguesia de Sobrado, em Valongo. O...

O Governo Português apresentou hoje, depois de ouvir os especialistas e os partidos, um conjunto de medidas preventivas que visam conter o crescimento da pandemia nas próximas semanas.

A partir do próximo dia 1 de dezembro será declarado o Estado de Calamidade para todo o território nacional continental, entrando em vigor as seguintes medidas:

Recomendações gerais:

  • Testagem regular;
  • Teletrabalho, sempre que as funções o permitam.

Uso obrigatório de máscara em todos os espaços fechados e em todos os recintos não excecionados pela Direção-Geral de Saúde;

A apresentação do certificado digital será obrigatória no acesso a:

  • Restaurantes;
  • Estabelecimentos turísticos e alojamento local;
  • Eventos com lugares marcados;
  • Ginásios.

Exigência de teste negativo obrigatório (mesmo para as pessoas vacinadas) no acesso a:

  • Visitas a lares;
  • Visitas a pacientes internados em estabelecimentos de saúde;
  • Grandes eventos sem lugares marcados (ou em recintos improvisados) e recintos desportivos;
  • Discotecas e bares.

Nas fronteiras:

  • Teste negativo obrigatório para todos os voos que cheguem a Portugal;
  • Sanções fortemente agravadas para as companhias aéreas.

Para a semana de 2 a 9 de janeiro, que será de contenção dos contactos existentes na época festiva, serão adotadas regras específicas:

  • Teletrabalho obrigatório, sempre que as funções o permitam.
  • Recomeço das aulas a 10 de janeiro.
  • Encerramento de discotecas e bares.

 

Portugal apresenta-se como um dos países com maior taxa de vacinação em todo mudo e, de acordo com o Governo, sem que o número de internamentos e óbitos estejam a refletir o efeito da vacinação.

A chegada do inverno e a aproximação da época festiva foram as razões pelas quais o Governo procurou atuar, por forma a prevenir que o número de infeções por Covid-19 aumente substancialmente.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -