9.8 C
Munique
19 C
Porto
PolíticaPaços de Ferreira - PSD contra a proposta apresentada

Paços de Ferreira – PSD contra a proposta apresentada

Relacionados

Operação “Censos Sénior 2022” da GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR), realiza a partir de hoje e durante todo o mês de outubro, em todo o território nacional, a Operação...

Paços de Ferreira com duas candidaturas à Concelhia do Partido Socialista

No dia 8 de outubro, realizam-se as eleições para a concelhia do PS-Partido Socialista de Paços de Ferreira. António Fernández, engenheiro de profissão, foi deputado...

I Torneio de andebol da cidade de Gandra

Nos dias 23, 24 e 25 de setembro, decorreu, no Pavilhão Municipal de Gandra, o I Torneio Cidade de Gandra, em Andebol. A Junta de...

– COMUNICADO –

O PSD Paços de Ferreira votou contra a proposta apresentada pela maioria socialista na Câmara Municipal que propunha avançar com a rescisão do contrato de concessão com a empresa Águas de Paços de Ferreira.

Para o PSD de Paços de Ferreira, a votação não podia ser outra por considerar que a proposta apresentada é um verdadeiro ‘tiro no escuro’ e com consequências financeiras imprevisíveis, cuja dimensão pode hipotecar de forma irreversível o futuro do nosso concelho e designadamente o seu desenvolvimento.

O documento apresentado pela maioria socialista é insuficiente quanto á sustentabilidade da proposta e absolutamente vazio quanto às previsíveis consequências económicas e financeiras que uma rescisão unilateral poderá implicar. Recorde-se a este propósito as consequências desastrosas das decisões tomadas pela maioria socialista sobre a alteração do tarifário, que levou o município a ser condenado a pagar dezenas de milhões de euros à concessionaria Águas de Paços de Ferreira. É estranho, mas a maioria socialista continua a esconder a sentença do Tribunal Arbitral.

O PSD Paços de Ferreira entende que o concelho tem razões para temer que esta seja mais uma decisão desastrosa e irresponsável como as que tem vindo a assistir da maioria socialista, principalmente pela conduta individualista do presidente da Câmara Municipal, Dr. Humberto Brito, apenas preocupado em manter a sua imagem pessoal, mesmo que isso coloque em causa o futuro dos nossos munícipes. O que o Dr. Humberto de Brito hoje quer fazer é empurrar este problema para a frente, onde o município entrará numa extensa batalha jurídica, com uma elevada probabilidade de acarretar uma pesadíssima fatura para o futuro de todos nós. Esta decisão, aos olhos de Humberto de Brito é uma escapatória para a frente, tentando criar a ilusão nos pacenses de que resolveu este assunto.

Aliás, as decisões do Sr. Presidente de Câmara só têm beneficiado a concessionária e sempre com o prejuízo do município, à semelhança da proposta agora apresentada, que deixa espelhado o caminho ziguezagueante e sem rumo da maioria socialista na condução deste dossier.

Por tudo isto, o PSD Paços de Ferreira só tem uma via: votar contra a proposta apresentada pelo executivo PS. Porém, o PSD manifesta a total disponibilidade para integrar uma comissão de negociação para desencadear um resgate negociado que, dessa forma, trilhe um caminho seguro e de previsibilidade para os nossos concidadãos.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido