PolíticaPaços de Ferreira - PSD contra a proposta apresentada

Paços de Ferreira – PSD contra a proposta apresentada

Relacionados

Santo Tirso: Homem morre na A3 num acidente enquanto fugia em contramão

Um homem, de 33 anos, suspeito de um roubo em Braga, morreu na madrugada da passada segunda-feira, na sequência de um acidente, em Santo...

Felgueiras: Jovem morre após despiste de mota

Um jovem de 24 anos morreu na sequência de um acidente de viação, na passada quarta-feira, dia 21 de fevereiro, na Lixa, concelho de...

Valongo: Homem morre após despiste contra paragem de autocarro

Um homem, de 48 anos, morreu, na noite do passado domingo, 18 de fevereiro, num acidente de viação na freguesia de Sobrado, em Valongo. O...

– COMUNICADO –

O PSD Paços de Ferreira votou contra a proposta apresentada pela maioria socialista na Câmara Municipal que propunha avançar com a rescisão do contrato de concessão com a empresa Águas de Paços de Ferreira.

Para o PSD de Paços de Ferreira, a votação não podia ser outra por considerar que a proposta apresentada é um verdadeiro ‘tiro no escuro’ e com consequências financeiras imprevisíveis, cuja dimensão pode hipotecar de forma irreversível o futuro do nosso concelho e designadamente o seu desenvolvimento.

O documento apresentado pela maioria socialista é insuficiente quanto á sustentabilidade da proposta e absolutamente vazio quanto às previsíveis consequências económicas e financeiras que uma rescisão unilateral poderá implicar. Recorde-se a este propósito as consequências desastrosas das decisões tomadas pela maioria socialista sobre a alteração do tarifário, que levou o município a ser condenado a pagar dezenas de milhões de euros à concessionaria Águas de Paços de Ferreira. É estranho, mas a maioria socialista continua a esconder a sentença do Tribunal Arbitral.

O PSD Paços de Ferreira entende que o concelho tem razões para temer que esta seja mais uma decisão desastrosa e irresponsável como as que tem vindo a assistir da maioria socialista, principalmente pela conduta individualista do presidente da Câmara Municipal, Dr. Humberto Brito, apenas preocupado em manter a sua imagem pessoal, mesmo que isso coloque em causa o futuro dos nossos munícipes. O que o Dr. Humberto de Brito hoje quer fazer é empurrar este problema para a frente, onde o município entrará numa extensa batalha jurídica, com uma elevada probabilidade de acarretar uma pesadíssima fatura para o futuro de todos nós. Esta decisão, aos olhos de Humberto de Brito é uma escapatória para a frente, tentando criar a ilusão nos pacenses de que resolveu este assunto.

Aliás, as decisões do Sr. Presidente de Câmara só têm beneficiado a concessionária e sempre com o prejuízo do município, à semelhança da proposta agora apresentada, que deixa espelhado o caminho ziguezagueante e sem rumo da maioria socialista na condução deste dossier.

Por tudo isto, o PSD Paços de Ferreira só tem uma via: votar contra a proposta apresentada pelo executivo PS. Porém, o PSD manifesta a total disponibilidade para integrar uma comissão de negociação para desencadear um resgate negociado que, dessa forma, trilhe um caminho seguro e de previsibilidade para os nossos concidadãos.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -