17.7 C
Munique
18.9 C
Porto
RegionalAmaranteAmarante: GNR deteve homem por perseguição controlo diário da vida da ex-companheira

Amarante: GNR deteve homem por perseguição controlo diário da vida da ex-companheira

Relacionados

Penafiel – Apreensão de armas ilegais

No âmbito de uma denúncia por ameaças com recurso a armas de fogo, no dia 3 de julho, os militares da guarda do posto...

Cerimónia de comemoração dos 91 anos da instituição em Paços de Ferreira brindada com medalha por serviços distintos de Grau Ouro

Zeferino Barbosa, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira (AHBVPF), recebeu a medalha por serviços distintos de Grau Ouro da...

Amarante – Detido por posse de arma proibida

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Amarante, hoje, dia 30 de junho, deteve um homem de 23 anos por posse...

A GNR de Penafiel deteve, na passada segunda-feira, um homem de 58 anos por violência doméstica no concelho de Amarante.

No decorrer de uma investigação por violência doméstica, a GNR apurou que o suspeito manteve uma relação com a vítima durante 9 anos, ex-companheira de 56 anos, a qual terminou há um ano. De acordo com a GNR, o detido não aceitou a separação e, após a vítima ter iniciado uma nova relação, “o agressor começou a adotar uma postura de perseguição e controlo diário sobre a vida da vítima, passando também a perseguir o atual namorado, injuriando-o e dirigindo-lhes ameaças de morte, reforçadas com recurso a armas de fogo”, refere a GNR em nota.

Com base nestas circunstâncias e perante a gravidade dos factos, a GNR realizou duas buscas, uma domiciliária e uma a um veículo, tendo apreendido quatro armas de fogo, um bastão e diversas munições.

A GNR deteve o suspeito e este foi presente a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel na passada terça-feira, onde lhe aplicaram as medidas de coação de “proibição de contactar com a vítima por qualquer meio ou forma ou por interposta pessoa, e proibição de adquirir armas de fogo”, conclui nota da GNR.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido