DestaqueMunicípios do Tâmega e Sousa e Baixo Tâmega acolhem sessões sobre Turismo...

Municípios do Tâmega e Sousa e Baixo Tâmega acolhem sessões sobre Turismo de Natureza

Relacionados

Paredes: Homem morre após despiste de mota

Um homem, de 29 anos, morreu, no último sábado, dia 20 de julho, na sequência de um acidente na Rua da Ferrugenta em Lordelo,...

Paredes: Idosa morre após despiste de carro

Uma idosa, de 81 anos, morreu, na manhã do passado dia 17 de julho, quando o carro que conduzia se despistou e embateu contra...

Lousada: Homem é detido para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lousada relatou através de um comunicado que deteve, no passado dia 9 de julho,...

A Associação de Municípios do Baixo Tâmega (AMBT) em articulação com a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa e os 11 municípios que a integram, irá dinamizar um conjunto de sessões de apresentação dedicadas à importância do turismo da natureza na região do Douro, Tâmega e Sousa.

Estando dirigidas aos atores públicos e privados do setor do turismo, nomeadamente ao nível do alojamento, restauração e animação turística, bem como a sociedade civil com interesse na temática, as sessões objetivam colher contributos para a definição e estruturação de uma rede de oferta de turismo de natureza na região e contribuir para a capacitação e qualificação de agentes públicos e privados ligados ao turismo.

As próximas sessões serão realizadas em Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Penafiel e Resende, tendo já sido realizadas duas em Felgueiras e Lousada.

Serão realizadas, no total, 11 sessões, estando estas enquadradas no âmbito da “Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE – Turismo para Todos, liderada pela CIM do Tâmega e Sousa, em parceria com a AMBT, a Ader-Sousa – Associação de Desenvolvimento Rural das Terras do Sousa, a DOLMEN – Desenvolvimento Local e Regional, a VALSOUSA – Associação de Municípios do Vale do Sousa, através da Rota do Românico, e a ADRIMAG – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Serras do Montemuro, Arada e Gralheira”, avança o Município do Marco de Canaveses.

A Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE é cofinanciada pelo Norte 2020, Portugal 2020 e a União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -