22.2 C
Munique
18.1 C
Porto
RegionalPenafielDetido em Penafiel agrediu a companheira e manteve-a sob medicação para a...

Detido em Penafiel agrediu a companheira e manteve-a sob medicação para a impedir de fugir

Relacionados

PSD Paços de Ferreira – Comunicado

- COMUNICADO - "O processo de regeneração urbana iniciou-se há mais de uma década pelas mãos do PSD, desde sempre nos manifestámos favoravelmente à sua...

Paredes – Detido por tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Penafiel, no dia 20 de maio, deteve um homem de 38...

Paredes – Polícia Judiciária deteve abusador sexual de crianças

Foi detido um homem fortemente indiciado pela prática reiterada de crimes de abuso sexual de que foi vítima uma menor de 11 anos de...

A GNR de Penafiel deteve, em flagrante, um homem de 40 anos por violência doméstica na passada terça-feira, no concelho de Penafiel.

A GNR apurou que o suspeito viveu durante um ano e meio com a vítima, companheira de 30 anos e quem nesse período, a mulher foi alvo de violência física grave com ameaças de morte.

Foi apurado que, num dos episódios de violência, a vítima teve de ser conduzida a uma unidade hospitalar para observação médica por apresentar vários hematomas e costelas partidas e, após ter tido alta hospitalar, refugiou-se em casa de familiares.

O agressor incidiu nas ameaças à vítima, obrigando-a a regressar a casa, onde a manteve sob efeitos de medicação para que não lhe fosse possível fugir da residência.

O suspeito, não possuidor de antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foi detido e presente no dia de ontem a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, ficando sujeito às medidas de coação de proibição “de se aproximar , permanecer ou frequentar a habitação da vítima, proibição de contactar, por qualquer forma ou meio ou por interposta pessoa, com a vítima, os pais desta e as testemunhas identificadas, controlado por pulseira eletrónica, fixando-se um raio de inclusão no mínimo de 500 metros”, avançou, em nota, a GNR.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido