13.7 C
Munique
23.6 C
Porto
RegionalPrémio atribuído à autarquia de Paredes faz PSD paredense desconfiar

Prémio atribuído à autarquia de Paredes faz PSD paredense desconfiar

O PSD de Paredes refere não compreender a aquisição do prémio por parte do município de Paredes, uma vez que a piscina e ginásio de Recarei estiveram infetados por Legionella. A par deste facto, o partido expõe a possibilidade deste prémio poder ter sido atribuído por influências políticas.

Relacionados

Inspeção das motas será obrigatória a partir de 1 de janeiro de 2022

O Secretária de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, avançou ao Jornal de Negócios, esta segunda-feira, que “a partir de 1 de janeiro de 2022,...

Detido em Penafiel por agressão física e psicológica à esposa

A GNR do Penafiel deteve, na passada quinta-feira, um homem de 54 anos por violência doméstica no concelho de Penafiel. No decorrer de uma investigação...

Presidente da Iniciativa Liberal visitou ETAR de Paços de Ferreira após denúncias de habitantes

Hoje, a Iniciativa Liberal reuniu o candidato à Assembleia da Câmara Municipal de Paços de Ferreira, João Carneiro, e o Presidente da Iniciativa Liberal,...

Anunciado pela Câmara Municipal de Paredes, a mesma foi distinguida pelas boas práticas da manutenção das instalações desportivas” com um galardão instituído pela Plataforma Cidade Social (PCS), prémio que lhe foi atribuído no âmbito do Programa do Município Amigo do Desporto (MAD).

Desta forma, o Município de Paredes tornou-se reconhecido em segundo lugar no “Plano de Manutenção do Ano 2021”, com a categoria de municípios entre 50.0001 e 100 mil habitantes, refere o PSD de Paredes em nota, acrescentando que a distinção, segundo a organização, visa avaliar “os mandatos que terminam este ano, englobando, por isso, o atual mandato de Alexandre Almeida”.

Ricardo Sousa, presidente da Comissão Política do PSD de Paredes afirma não perceber “como a Plataforma Cidade Social pode premiar uma autarquia que viu alguns dos seus equipamentos desportivos encerrados por colocar em causa a saúde pública. E se é certo que Paredes não ficou com o primeiro lugar, questiono-me quantas autarquias terão participado nesta espécie de concurso e quais os critérios definidos para a elaboração deste ‘ranking’”, e acrescenta que “numa altura em que se avizinham as eleições autárquicas, não quero acreditar que o MAD tenha dado este prémio a Paredes por influências políticas. Talvez não tenha tido acesso à verdade dos factos. Seria melhor para a sua credibilidade que a PCS retificasse este galardão”.

Apesar destas afirmações, o PSD de Paredes realça regozijar-se com os prémios adquiridos pelo concelho, no entanto, adianta não poder “pactuar com subterfúgios, que mais não visam de que enganar os munícipes em proveito eleitoralista”, confirma o líder do PSD de Paredes.

O PSD de Paredes relembra, em nota, o facto de um dos fatores de importância para a PCS é a qualidade da água, no entanto, é público que “a Piscina da Rota dos Móveis, e respetivo Ginásio, na freguesia de Recarei, foi infetada com a Legionella e que esteve infetada desde o início de julho até setembro de 2020”. O partido acrescenta que este foi um facto que o autarca de Paredes optou por esconder dos utentes, tendo-se visto obrigado a comunicar à população a situação em questão após uma denúncia publica do PSD Paredes.

Em suma, o PSD de Paredes explica que Alexandre Almeida faz-nos acreditar que vive num “reino de fantasia onde abdica do que não tem, como sucedeu ao anunciar que abdicava da sua posição prioritária da vacina, não tendo qualquer prioridade, ou como sucede agora que publicita um prémio onde apenas 26 por cento das autarquias concorreram, mas que se desconhece o número real de participantes na categoria de 50 mil a 100 mil habitantes”, refere o partido em nota.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido