6.4 C
Munique
17.2 C
Porto
RegionalPaços de FerreiraPSD de Freamunde não terá uma sede de campanha

PSD de Freamunde não terá uma sede de campanha

Fernando Matos, candidato pelo PSD à Junta de freguesia de Freamunde, explica que a campanha será feita junto das pessoas, como já tinha sido anunciado.

Relacionados

Paços de Ferreira: Vendedor de tabaco sequestrado e assaltado em Ferreira

Na passada quinta-feira, em Ferreira, freguesia de Paços de Ferreira, um grupo de assaltantes sequestrou e roubou um vendedor de tabaco, de 31 anos. A...

Município de Felgueiras celebra escrituras com proprietários para a Zona Industrial das Barrancas

O Município de Felgueiras formalizou o compromisso assumido com os proprietários que aceitaram a negociação amigável no processo de expropriação em que Nuno Fonseca,...

Município de Baião presta apoio ao consumidor endividado através do centro de informação autárquico

A Câmara Municipal de Baião encontra-se a prestar um serviço de ajuda aos clientes bancários com dificuldades no cumprimento de contratos de crédito, através...

Na sequência de uma notícia avançada a um órgão de comunicação local que auferia a existência de uma sede de campanha instalada em Freamunde, o PSD de Paços de Ferreira avançou, em nota, que o espaço a ser utilizado pela equipa tem como finalidade “reuniões de trabalho”, sendo que estas instalações não serão utilizadas para campanha e não estarão abertas à realização de eventos.

Fernando Matos, o candidato pelo PSD à Junta de freguesia de Freamunde, adianta haver vontade de ter o partido social democrata representado, realçando a criação de um núcleo para o partido. Desta forma, o PSD de Freamunde terá um local onde elaborará o próprio programa e debaterá os “temas programáticos para o projeto por Freamunde”, avança Fernando Matos, em nota.

A par destas declarações, o candidato pelo PSD à Junta de freguesia de Freamunde reforça que o PSD de Paços de Ferreira realizará a campanha para as eleições autárquicas “na rua, junto das pessoas” e que avança ter sido “um dos primeiro a defender esta ideia”, entendendo que “devem ser os políticos a ir ao terreno perceber as preocupações das pessoas”, conclui, em nota.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido