RegionalPSD de Lousada acusa o PS do município de caciquismo, referindo que...

PSD de Lousada acusa o PS do município de caciquismo, referindo que as pessoas “não são propriedade” e que são “livres nas suas escolhas e no seu caminho político”

Relacionados

Paredes: Homem morre após despiste de mota

Um homem, de 29 anos, morreu, no último sábado, dia 20 de julho, na sequência de um acidente na Rua da Ferrugenta em Lordelo,...

Paredes: Idosa morre após despiste de carro

Uma idosa, de 81 anos, morreu, na manhã do passado dia 17 de julho, quando o carro que conduzia se despistou e embateu contra...

Lousada: Homem é detido para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lousada relatou através de um comunicado que deteve, no passado dia 9 de julho,...

O PSD de Lousada acusa o Partido Socialista do município de caciquismo e que, “em pleno século XXI, este modelo de gestão política tem de ter um “ponto final” no nosso Concelho”, adianta em nota.

Assim, o PSD de Lousada denuncia, de forma pública, o que considera ser mais lamentável sob o “ponto de vista ético e de seriedade e que está a acontecer em Lousada”. Ao mesmo tempo, de acordo com o PSD de Lousada, o “Partido Socialista, sobretudo na pessoa do seu líder, está a exercer inusitada coação e pressão desmesurada, junto de funcionários e fornecedores da câmara Municipal de Lousada, bem como a pessoas que recorrem a serviços que carecem da intervenção do Presidente do Município, para que estes integrem as listas às Juntas de Freguesia”, refere o partido em nota.

publicidade

O PS de Lousada refere, ainda, que o PS de Lousada repete o “modus operandi de quatro em quatro anos, usando e abusando do seu poder político”, de acordo com o PSD do município, há 32 anos que o faz e, nesse mesmo tempo, o partido considera que o PS falta ao respeito às famílias lousadenses.

Com base nestas informações, o PSD de Lousada diz não se rever nesta prática política e, afirmando que “em pleno século XXI é execrável que não haja honra, seriedade, bom senso, assim como equilíbrio político. É tempo de banir o caciquismo da política Lousadense, tal como é tempo de eliminar o medo e a fútil coação no nosso Município”.

É ainda acrescentado, por parte do PSD de Lousada, que o Partido Socialista lousadense deve perceber que os funcionários da Câmara Municipal de Lousada e respetivos fornecedores, e mesmo o cidadão comum, não são propriedade do PS, sendo “livres nas suas escolhas e no seu caminho político”.

Em suma, o PSD de Lousada reivindica a necessidade de mudar no que diz respeito à transparência, assim como pelo respeito pelos lousadenses em geral e ainda por “aqueles que direta ou indiretamente dependem da Câmara Municipal de Lousada”.

publicidade
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -