DestaquePSD de Paços de Ferreira acusa presidente da Câmara de insultar entidades...

PSD de Paços de Ferreira acusa presidente da Câmara de insultar entidades públicas e privadas

Relacionados

Paredes: Homem morre após despiste de mota

Um homem, de 29 anos, morreu, no último sábado, dia 20 de julho, na sequência de um acidente na Rua da Ferrugenta em Lordelo,...

Paredes: Idosa morre após despiste de carro

Uma idosa, de 81 anos, morreu, na manhã do passado dia 17 de julho, quando o carro que conduzia se despistou e embateu contra...

Lousada: Homem é detido para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lousada relatou através de um comunicado que deteve, no passado dia 9 de julho,...

O Partido Social Democrático de Paços de Ferreira lançou, hoje, um comunicado, onde expõe uma publicação, por parte do Presidente da Câmara de Paços de Ferreira, Humberto Brito, onde este refere:

PSD-de-Pacos-de-Ferreira-acusa-presidente-da-Camara-de-insultar-entidades-publicas-e-privadas
Direitos Reservados

Face a esta publicação, o PSD pacense explica que o presidente, através das próprias opiniões, evidencia “incapacidade”, não só do próprio como “da maioria do PS que nos governa em resolver os problemas do nosso concelho”, acrescentando que este se mune de “ataques gratuitos a quem pensa de maneira diferente”, evidencia.

O PSD de Paços de Ferreira referiu ainda que, através da própria rede social, Humberto Brito dirigiu um insulto a entidades como “o IEFP, Segurança Social, RSI, os Serviços de Saúde e mesmo os próprios técnicos da ação social da Câmara, assim como às associações setoriais: Associação Empresarial e entidades que prestam formação aos nossos concidadãos”, afirma.

Tendo em conta a publicação, o partido emitiu o comunicado com o objetivo de redirecionar o tempo do Presidente da Câmara, bem como dos vereadores do PS, para a utilização deste tempo em favor dos “prolemas do nosso concelho, apresentando soluções, já que a Formação Profissional vem sendo adiada nos consecutivos manifestos eleitorais do Partido Socialista”, explica.

Assim, com base nas afirmações proferidas por parte do presidente da Câmara de Paços de Ferreira, o PSD solicita que este esclareça se efetuou as denúncias nos locais apropriados e, caso não o tenha realizado, o partido aguarda que o faça enquanto responsável pelo concelho pacense, ao invés de optar por ações populistas nas redes sociais a um nível que não se adequa à posição que este detém como gestor do município, concluiu o partido.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -