-1.4 C
Munique
6.7 C
Porto
DestaquePSD de Paços de Ferreira discriminado no convite para o Jantar de...

PSD de Paços de Ferreira discriminado no convite para o Jantar de Gala na Semana Gastronómica do Capão à Freamunde

O PSD pacense considera que o PS não esteve à altura desta marca gastronómica, uma vez que não convidaram os eleitos do PSD para o Jantar de Gala referente à Semana Gastronómica do Capão à Freamunde

Relacionados

Cinfães conta com nova unidade de saúde em Nespereira

As novas instalações da Unidade de Saúde de Nespereira, em Cinfães, entraram em funcionamento hoje e servirão 1725 utentes. A Administração Regional de Saúde do...

Felgueiras acolhe oficina de inovação para capacitar tecido empresarial

O Município de Felgueiras avança que, face ao contexto pandémico, que acrescentou grandes adversidades ao tecido empresarial e introduziu mudanças na lógica e comportamento...

GNR e Polícia Municipal de Paredes fiscalizam autocarros e transportes escolares

A GNR e a Polícia Municipal de Paredes procederam a uma ação de fiscalização conjunta aos autocarros e transportes escolares, na Escola Secundária e...

O Jantar de Gala referente à Semana Gastronómica do Capão à Freamunde é um evento realizado com a finalidade de promover a marca gastronómica do concelho de Paços de Ferreira, assim como o potencial cultural e económico.

O PSD de Paços de Ferreira, através de um comunicado, refere que a maioria socialista da Câmara Municipal de Paços de Ferreira não esteve à altura de tal “distinta marca gastronómica ao convidar para o Jantar de Gala apenas os eleitos do Partido Socialista”, quer pertencentes à câmara municipal, quer às Juntas de Freguesia, procurando excluir deliberadamente do evento os eleitos pelo PSD.

Face à atitude praticada, considerada pelo PSD de Paços de Ferreira como “inqualificável”, demonstra, de acordo com este partido, que a “maioria socialista perdeu a validade e não conseguem olhar para o concelho além do Partido Socialista e dos seus eleitos, demonstrando de forma clara que só querem governar para si próprios”, evidencia.

Assim, o PSD pacense não considera aceitável que a maioria socialista na Câmara Municipal utilize o dinheiro público para “satisfazer um punhado de socialistas eleitos nas últimas eleições autárquicas”. O partido repudia este comportamento que “divide e discrimina os cidadãos do nosso concelho em função das suas opções políticas”, esclarece.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido