RegionalPSD de Paredes acusa socialistas do aumento do custo das sepulturas

PSD de Paredes acusa socialistas do aumento do custo das sepulturas

Relacionados

Paredes: Homem morre após despiste de mota

Um homem, de 29 anos, morreu, no último sábado, dia 20 de julho, na sequência de um acidente na Rua da Ferrugenta em Lordelo,...

Paredes: Idosa morre após despiste de carro

Uma idosa, de 81 anos, morreu, na manhã do passado dia 17 de julho, quando o carro que conduzia se despistou e embateu contra...

Lousada: Homem é detido para cumprimento de pena de prisão efetiva

O Comando Territorial do Porto, através do Posto Territorial de Lousada relatou através de um comunicado que deteve, no passado dia 9 de julho,...

O PSD de Paredes refere lamentar o facto de Alexandre Almeida, presidente da Câmara de Paredes, esteja de acordo com a junta de freguesia de Paredes ao “anuir ao aumento do custo das sepulturas para 1.500 euros, um acréscimo de cerca de 30 por cento”.

Cientes desta questão, o PSD de Paredes anuncia, através das palavras de Ricardo Sousa, líder do partido, que “é lamentável que Alexandre Almeida e o atual executivo da Junta de Freguesia de Paredes, venha agora, neste momento difícil em que a população vive e que infelizmente está a provocar um elevado número de mortos, aumentar substancialmente o custo das sepulturas”.

O presidente do partido acrescentou ainda que “este executivo da Junta de Freguesia herdou do seu antecessor, eleito pelo PSD, os seus cofres recheados com mais de cem mil euros, pelo que não queremos acreditar que se trate de uma súbita necessidade de reforçar a tesouraria da junta”, observa o presidente do PSD de Paredes.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -