9.6 C
Munique
16.9 C
Porto
SociedadeSecretário de Estado da Saúde avança reforço de atenção à legionela

Secretário de Estado da Saúde avança reforço de atenção à legionela

Já tinha decorrido um surto de legionela em Vila do Conde, Póvoa de Varzim e Matosinhos que provou 14 mortes. O Ministério Público já abriu um inquérito para investigação das causas do surto.

Relacionados

PCP pede esclarecimentos à ARS Norte pela demissão dos responsáveis pela Urgência Metropolitana de Psiquiatria do Porto

O Partido Comunista Português (PCP) avançou, ontem, uma proposta para realizar uma audição da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) relativa à...

Milhares de portugueses apoiam greve aos combustíveis nas redes sociais

Um grupo criado no Facebook há 48 horas, intitulado de “Greve aos combustíveis”, conta já com mais de 500 mil membros. Na descrição é...

Jovem pacense em Erasmus morreu na Polónia

Na Varsóvia, capital da Polónia, foi encontrado o corpo de uma jovem natural de Penamaior, freguesia de Paços de Ferreira, numa varanda de uma...

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, afirmou em Braga, na passada quinta-feira, que o Governo vai reforçar a “atenção” à questão da legionela como uma estratégia que estará pronta até ao final do ano.

Em declarações aos jornalistas, no âmbito do 38º Encontro Nacional de Medicina Geral e Familiar, Lacerda Sales enfatizou “que o Governo está a olhar ‘com muita atenção’ para o Programa de Intervenção Operacional de Prevenção Ambiental da Legionela (PIOPAL)”, avança o DN.

António Lacerda Sales, referiu o dever de “reforçar a nossa atenção a esta questão da legionela”, acrescentando que “há uma nova estratégica que até o final do ano sairá por parte da Direção-Geral da Saúde, em conjunto com o INSA (Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge)”.

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde avança ainda estar “a olhar com muita atenção para o PIOPAL, um programa que revisita toda esta questão da legionela, quer através da monitorização, quer através da fiscalização de instituições de saúde”.

O DN relembra que há um ano houve um surto de legionela em Vila do Conde, Póvoa de Varzim e Matosinhos que provocou 14 mortes, tendo sido diagnosticada a doença em 89 pessoas. O Ministério Público abriu um inquérito para investigação das causas do surto.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido