2.8 C
Munique
12 C
Porto
SociedadeSecretário de Estado da Saúde avança reforço de atenção à legionela

Secretário de Estado da Saúde avança reforço de atenção à legionela

Já tinha decorrido um surto de legionela em Vila do Conde, Póvoa de Varzim e Matosinhos que provou 14 mortes. O Ministério Público já abriu um inquérito para investigação das causas do surto.

Relacionados

GNR e Polícia Municipal de Paredes fiscalizam autocarros e transportes escolares

A GNR e a Polícia Municipal de Paredes procederam a uma ação de fiscalização conjunta aos autocarros e transportes escolares, na Escola Secundária e...

Freguesias de Amarante terão um Balcão SNS24 para apoiar os Centros de Saúde

O Município em parceria com o ACES Baixo Tâmega prepara-se para instalar Balcões do SNS24 em Ansiães e Gondar, criando condições de maior proximidade...

GNR apreendeu 5 mil artigos pirotécnicos em Paredes

A GNR de Penafiel apreendeu, na passada quarta-feira, cerca de 5 mil artigos pirotécnicos e identificou um homem de 31 anos pela venda de...

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, afirmou em Braga, na passada quinta-feira, que o Governo vai reforçar a “atenção” à questão da legionela como uma estratégia que estará pronta até ao final do ano.

Em declarações aos jornalistas, no âmbito do 38º Encontro Nacional de Medicina Geral e Familiar, Lacerda Sales enfatizou “que o Governo está a olhar ‘com muita atenção’ para o Programa de Intervenção Operacional de Prevenção Ambiental da Legionela (PIOPAL)”, avança o DN.

António Lacerda Sales, referiu o dever de “reforçar a nossa atenção a esta questão da legionela”, acrescentando que “há uma nova estratégica que até o final do ano sairá por parte da Direção-Geral da Saúde, em conjunto com o INSA (Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge)”.

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde avança ainda estar “a olhar com muita atenção para o PIOPAL, um programa que revisita toda esta questão da legionela, quer através da monitorização, quer através da fiscalização de instituições de saúde”.

O DN relembra que há um ano houve um surto de legionela em Vila do Conde, Póvoa de Varzim e Matosinhos que provocou 14 mortes, tendo sido diagnosticada a doença em 89 pessoas. O Ministério Público abriu um inquérito para investigação das causas do surto.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido