NacionalJorge Sampaio faleceu esta sexta feira na sequência de internamento por dificuldades...

Jorge Sampaio faleceu esta sexta feira na sequência de internamento por dificuldades respiratórias

Relacionados

Paredes: Dois homens com antecedentes detidos por roubo

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal de Penafiel deteve, no passado dia 12 de junho, dois homens de 28...

Santo Tirso: Câmara Municipal alvo de buscas pela PJ

A Polícia Judiciária do Porto realizou, na passada quarta-feira, dia 12 de junho, buscas na Câmara Municipal de Santo Tirso e em três empresas...

AD e PS dividem vitórias nos Concelhos da Região do Tâmega e Sousa

A população europeia, foi, no passado dia 09 de junho, chamada a votar para eleger os assentos no Parlamento Europeu. Na região do Tâmega...

O ex-presidente da República portuguesa, Jorge Sampaio, morreu hoje com 81 anos, tendo estado internado no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, desde o final de agosto. O internamento foi realizado na sequência de dificuldades respiratórias que Jorge Sampaio terá vivenciado.

Após a Revolução de 25 de Abril de 1974, Jorge Sampaio foi um dos principais impulsionadores da criação do Movimento de Esquerda Socialista, do qual se desvinculou no congresso fundador em dezembro do mesmo ano por “discordância de fundo com a orientação ideológica aí definida”, avança a página da presidência.

Sampaio desemprenhou um importante papel no diálogo com a ala moderadora do Movimento das Forças Armadas, e foi um ativo apoiante das posições do “Grupo dos Nove”. Em 1975 foi nomeado Secretário de Estado da Cooperação Externa, no IV Governo Provisório.

No mesmo ano, Jorge Sampaio fundou a “Intervenção Socialista”, grupo constituído por “políticos intelectuais que viriam a desempenhar funções de relevo na vida pública, que desenvolveu um significativo trabalho de reflexão e renovação política”, acrescenta a página da presidência.

Jorge Sampaio aderiu ao Partido Socialista em 1978 e, em 1979, foi eleito à Assembleia da República pelo círculo de Lisboa, para integrar o Secretariado Nacional do PS.

Em 1989 foi eleito Secretário-Geral Socialista, cargo que exerce até 1991 e é designado, pela Assembleia da República, como membro do Conselho de Estado. Em 1989 concorreu à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, cargo para o qual foi eleito e, depois, reeleito em 1993.

No ano de 1995 Jorge Sampaio apresentou candidatura às eleições presidenciais, aquando recebeu apoio de inúmeras personalidades, independentes e de outras áreas políticas, com destaque na vida política, cultural, económica e social, bem como do Partido Socialista. Foi eleito, à primeira volta, em janeiro de 1996 e investido no cargo de Presidente da República a 9 de março de 1996.

Jorge Sampaio manteve uma contante intervenção político-cultural, nomeadamente com presença assídua em jornais e revistas.

O ex-presidente da República estava internado no Hospital de Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, desde o final de agosto e acabou por falecer hoje, aos 81 anos, por dificuldades respiratórias.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -