-1.9 C
Munique
13.1 C
Porto
CulturaRota do Românico lança atividade que permite conhecer os bens patrimoniais da...

Rota do Românico lança atividade que permite conhecer os bens patrimoniais da rota

A atividade consiste numa rede temática de geocaching, funcionando como uma “caça ao tesouro”, permitindo que os participantes explorem e descubram os monumentos pertencentes à Rota do Românico

Relacionados

Sindicato dos Trabalhadores acusa GNR de Paredes de recusar levantar auto de ocorrência na “Varandas de Sousa”

Na passada sexta-feira, quatro trabalhadoras foram impedidas de cumprir o horário laboral nas instalações da empresa “Varandas de Sousa”, na freguesia de Madalena, no...

Detidos por tráfico de droga no concelho de Amarante ficaram em prisão preventiva

A GNR deteve, na passada quinta-feira, cinco homens e três mulheres no âmbito de tráfico de droga no concelho de Amarante. Após estes terem sido...

Iniciativa Liberal instala-se no concelho de Valongo

Decorreu, na passada quinta-feira, no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde, o plenário fundador do Núcleo Territorial de Valongo pertencente à Iniciativa Liberal,...

A Rota do Românico concluiu o projeto relativo à rede temática de geocaching com a instalação de 31 geocaches nos próprios monumentos e centros de interpretação.

A atividade recreativa é dinamizada ao ar livre e pode ser realizada em grupo ou individualmente, com o objetivo de encontrar recipientes georreferenciados escondidos em locais públicos com recurso a um dispositivo com sistema de posicionamento global (GPS) como é o caso do telemóvel.

Esta “casa ao tesouro” é partilhada online nas redes sociais e na plataforma www.geocaching.com, onde são publicadas as geocaches disponíveis, assim como as pistas para localização.

A atividade tem vindo a atrair um crescente número de participantes, tendo sido registados, em Portugal, cerca de 53 mil praticantes, existindo 83 mil geocaches ativas. O geocache apresenta-se, assim, como uma ferramenta, bem como um “pretexto” complementar, para a descoberta e exploração dos bens patrimoniais da Rota do Românico e do território de influência.

O projeto, pertencente à Rota do Românico, está disponível desde o mês de julho de 2021, tendo sido desenvolvido pela equipa do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Coimbra, contando já com cerca de 550 registos do tipo “encontrei” na plataforma.

Esta rede está enquadrada no projeto EEC PROVERE Turismo para Todos: Valorização, dinamização e promoção turística da região, sendo cofinanciado pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido