DestaqueComunicado - "Partido Socialista impede Voto de Louvor a empresários de Paredes"

Comunicado – “Partido Socialista impede Voto de Louvor a empresários de Paredes”

Relacionados

Santo Tirso: Homem que escondia droga num cofre é detido

A PSP deteve, na passada sexta feira, dia 12 de abril, um homem de 25 anos de idade por suspeita de tráfico de droga...

Paços De Ferreira: Ciclovia que liga Paços de Ferreira a Freamunde é inaugurada

A Câmara Municipal de Paços de Ferreira inaugurou, no passado domingo, 14 de abril, a ciclovia que faz a ligação entre as cidades de...

Paços de Ferreira: Atletas Pacenses destacam-se no Campeonato Nacional

Nos passados dias 4 e 7 de abril, o Complexo Olímpico de Piscinas de Coimbra recebeu os Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores e Absolutos...

– Comunicado –

“Partido Socialista impede Voto de Louvor a empresários de Paredes

Na Reunião de Câmara de ontem (dia 6 de julho), foi levada a votação por proposta dos vereadores do PSD um voto de louvor aos cidadãos paredenses Celso Manuel Gomes Ferreira e Mário da Silva e Rocha.

Os cidadãos em questão foram condecorados pelo Chefe de Estado de Timor Leste e vencedor do Prémio Nobel da Paz, José Manuel Ramos-Horta, em reconhecimento do trabalho realizado na iniciativa “Uma fábrica para Timor”, promovendo a amizade entre os povos e contribuindo para a paz, num tempo em que é a guerra que está na ordem do dia.

Estamos a falar de dois empresários de relevo, com uma vida pública de todos conhecida, que ocuparam cargos públicos dando o seu melhor em prol do concelho e que por mais de uma vez referiram estarem retirados da “vida política”.

Sendo o motivo louvável e um orgulho para o nosso concelho ver nome de Paredes elevado neste tipo de condecoração e não trazendo qualquer ónus para o município, a iniciativa do voto de louvor até deveria ter partido de quem ocupa a presidência do município.

Não o tendo feito, e impedindo a sua aprovação após proposta dos vereadores do PSD, o Sr. Presidente da Câmara mostra que se deixou levar por sentimentos mesquinhos e revanchistas, colocando a côr partidária como critério para o reconhecimento do mérito e o seu partido à frente do município, perdendo mais uma oportunidade para se afirmar como o presidente de todos os paredenses.

O Presidente da CPC PSD Paredes

Ricardo Sousa”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -