3.6 C
Munique
13.6 C
Porto
DestaqueSNS Disponibiliza Consulta de Acompanhamento de Jovens e Crianças que Cheguem da...

SNS Disponibiliza Consulta de Acompanhamento de Jovens e Crianças que Cheguem da Ucrânia

Relacionados

Detido por violência doméstica

O Comando Territorial de Braga, através do Posto Territorial de Amares, no dia 2 de dezembro, deteve em flagrante um homem de 35 anos...

Operação “RoadPol – Alcohol and Drugs” Álcool e drogas

A Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 5 e 11 de dezembro, no âmbito do planeamento anual efetuado pela RoadPol, irá realizar uma...

Fafe – Apreensão de 380 litros de aguardente

A Unidade de Ação Fiscal (UAF), através do Destacamento de Ação Fiscal (DAF) do Porto, no dia 29 de novembro, apreendeu 380 litros de...

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) vai disponibilizar a partir de segunda-feira, dia 21 de março, uma consulta para acompanhamento de jovens e crianças que cheguem da Ucrânia, no Hospital de Dona Estefânia, em Lisboa.

Esta consulta tem como objetivo acolher, com foco na perspetiva sanitária, crianças e jovens provenientes da Ucrânia que requisitaram proteção temporária em Portugal.

Os utentes vão ser referenciados ao Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central através de uma linha de atendimento, pelo 967 059 865. Realiza-se, assim, num primeiro momento, uma triagem para determinar o agendamento da consulta.

Em nota de imprensa o SNS informa que “A consulta vai funcionar todos os dias úteis, em gabinete próprio do edifício das Consultas Externas, sendo garantido serviço de tradução. A triagem realiza-se no período da manhã e as consultas são agendadas para a tarde do mesmo dia.”

Depois de uma primeira observação clínica, os utentes ucranianos são encaminhados para tratamento ou consultas de seguimento específico, dependendo das suas necessidades.

Recorde-se que os cidadãos oriundos da Ucrânia, requerentes de proteção temporária e membros da sua família vão receber automaticamente um número de utente, que lhes concede o direito ao acesso universal do SNS nas mesmas condições que cidadãos nacionais, nomeadamente, prestação de cuidados no âmbito dos programas de saúde materno-infantil, atualização das vacinas segundo o Plano Nacional de Vacinação, agendamento de vacinação para COVID-19, cuidados hospitalares e outros programas de saúde em vigor.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido