OpiniãoO verão e a Festa do Avante!

O verão e a Festa do Avante!

Relacionados

A importância da Reciclagem

Sabia que, em 2022, Portugal produziu cerca de cinco milhões de toneladas de resíduos? Isto corresponde a cerca de 512 kg de resíduos por...

A importância do CED em matilhas

Como é do conhecimento público, assim como da autarquia de Valongo, são inúmeras as matilhas existentes em várias zonas do Concelho de Valongo. O Concelho...

O novo (des)governo

Em 2015 ficou célebre a tirada da direita quando a correlação de forças à esquerda conseguiu destronar a direita do poder e assim impedir...

Estamos a entrar no mês predileto dos portugueses para as suas merecidas férias. Assim, de Norte a Sul e sem esquecer as regiões autónomas, milhares de portugueses deslocam-se para os seus locais de eleição onde irão gozar suas merecidas férias. Sem esquecer que muitos portugueses continuarão a trabalhar para que não faltem os serviços básicos e indispensáveis à nossa sociedade, como é o caso do pessoal da área da saúde, das forças de segurança, militares e proteção civil, saneamento e recolha de lixo, transportes públicos, entre tantos outros. Além disso, estaremos numa época de incêndios, a qual esperamos que não tenha o poder destruidor de anos anteriores e seja mais contida.

No início do mês de setembro teremos a já tradicional Festa do Avante! Um evento político-cultural que dura 3 dias e é organizado pelo Partido Comunista Português. Esta festa, dos valores de abril, da liberdade, da democracia, da paz e da solidariedade é aberta a todos os que partilham estes valores. Não é a festa dos comunistas, mas sim a festa que os comunistas organizam para TODOS os democratas, na qual se prova que é possível uma sociedade mais humanista e distante das ideias capitalistas. Uma festa que desde 1976 resiste aos ataques das forças capitalistas, ao escárnio e até a uma pandemia.

A Festa é preparada por militantes comunistas, jovens da JCP e amigos do Partido, que dedicam parte do seu tempo para a construírem. Uma Festa na qual todos os que lá entram podem viver 3 dias de liberdade, de igualdade no acesso à cultura e acima de tudo sem distinção das pessoas por classes sociais. Para tal basta comprar a EP, um título de solidariedade (consultar o cartaz e demais informações em (www.festadoavante.pcp.pt) e comparecer na Quinta da Atalaia, Amora, Seixal para aproveitar a Festa do Avante!

Bruno Sousa

Membro da comissão concelhia de Penafiel do PCP

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -