Regional2020: Mais de 500 habitantes da União Europeia pediram residência em Gaia

2020: Mais de 500 habitantes da União Europeia pediram residência em Gaia

Relacionados

Santo Tirso: Motociclista morre após despiste na Serra da Agrela

Um homem de 33 anos morreu, no passado domingo, dia 19 de maio, na serra da Agrela, em Santo Tirso, após ter sofrido um...

Freamunde: viagens escolares levantam suspeitas

Comportamentos de auxiliar aos alunos de Freamunde nas viagens escolares levanta suspeitas Os encarregados de educação de alunos do Centro Escolar de Freamunde estão a...

Paredes: Homem com antecedentes é detido por violência doméstica

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel deteve, no passado dia 10 de maio,...

Durante o ano de 2020, um ano de mudança de rotinas, de estilos de vida e até mudança de cidade de residência, houve 541 pessoas, provenientes de países que integram a União Europeia, que solicitaram o registo de residência em Vila Nova de Gaia, refere a câmara municipal do concelho, em nota.

Na maioria dos casos tratou-se de jovens que procuravam morar no concelho por motivos profissionais, no entanto, o concelho também acolheu famílias inteiras com idade média superior a 40 anos e com filhos.

De acordo com a Câmara Municipal de Gaia, a distribuição, por país, regista 200 pessoas com origem na Itália, 70 no Reino Unido, 69 na Espanha, 63 em França, 46 na Alemanha, 15 nos Países Baixos, 8 na Polónia, 6 na Suíça, 5 na Lituânia e 54 noutros países da União Europeia.

Assim que chegam à cidade, a Câmara Municipal de Gaia procura prestar o apoio necessário, nomeadamente ao nível do registo na plataforma do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Após realização dos procedimentos legais em vigor, o município dá as boas vindas aos novos residentes.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -