19.3 C
Munique
18.6 C
Porto
DestaqueDetido em flagrante no concelho de Paços de Ferreira por atear fogo

Detido em flagrante no concelho de Paços de Ferreira por atear fogo

O detido de 61 anos, não tem ocupação laboral e será presente a interrogatório judicial. As autoridades suspeitam que o detido poderá ser responsável por outros incêndios.

Relacionados

Conheça os candidatos do Partido Socialista à Câmara Municipal de Paredes

O Partido Socialista de Paredes apresentou a recandidatura de Alexandre Almeida à Câmara Municipal. O recandidato à Câmara Municipal de Paredes tem 47 anos e...

Vereador da Trofa ilibado e ex-líder do Trofense condenado por desviar subsídio

O tribunal de Matosinhos condenou, hoje, o antigo presidente do Trofense, Paulo Melro, por desviar para o futebol profissional subsídios camarários atribuídos ao desporto...

Meia maratona do Porto condiciona o trânsito a partir de sexta-feira

A 14ª meia maratona do Porto irá provocar, a partir de sexta-feira e, até domingo, o trânsito permanecerá condicionado, bem como o estacionamento, em...

Foi detido um homem, em flagrante, pela presumível autoria de um incêndio florestal ocorrido na freguesia de Carvalhosa, no concelho de Paços de Ferreira. A detenção foi realizada pela Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, com a colaboração da GNR de Freamunde.

O fogo em questão terá sido provocado “com recurso a isqueiro, tendo o autor ateado o incêndio, em zona de caminho, confinante com povoamento florestal” pelas 18h30, no passado domingo, dia 22 de agosto, avançou comunicado enviado à imprensa.

Os Bombeiros Voluntários de Freamunde combateram o incêndio, evitando que este se “propagasse para diversas moradias e para uma extensa área florestal existente nas imediações”.

De acordo com o mesmo comunicado, as autoridades suspeitam que o detido poderá “ser responsável por outros incêndios, cuja investigação se encontra a decorrer e que se têm verificado naquela localidade”.

O detido, com 61 anos de idade, não tem ocupação laboral e será presente à autoridade judicial para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação adequadas.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido