RegionalPenafielDetido em Penafiel por agressão física e psicológica à esposa

Detido em Penafiel por agressão física e psicológica à esposa

Relacionados

Paredes: Dois homens com antecedentes detidos por roubo

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal de Penafiel deteve, no passado dia 12 de junho, dois homens de 28...

Santo Tirso: Câmara Municipal alvo de buscas pela PJ

A Polícia Judiciária do Porto realizou, na passada quarta-feira, dia 12 de junho, buscas na Câmara Municipal de Santo Tirso e em três empresas...

AD e PS dividem vitórias nos Concelhos da Região do Tâmega e Sousa

A população europeia, foi, no passado dia 09 de junho, chamada a votar para eleger os assentos no Parlamento Europeu. Na região do Tâmega...

A GNR do Penafiel deteve, na passada quinta-feira, um homem de 54 anos por violência doméstica no concelho de Penafiel.

No decorrer de uma investigação por violência doméstica, a GNR apurou que o agressor exercia violência física e psicológica contra a vítima, a esposa de 51 anos, com quem estava casado há 30 anos, avança a GNR, em nota.

De acordo com a GNR, os episódios de violência “surgiram quando o agressor começou a consumir bebidas alcoólicas em excesso, há cerca de três anos”, acrescentando que “no último episódio de violência, o suspeito voltou a agrediu fisicamente a vítima, chegando a ameaça-la de morte”.

O agressor foi detido e presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Penafiel, onde foi sujeito às medidas de “coação de termo e identidade e residência, proibição de permanecer, frequentar ou de se aproximar da habitação da vítima, num raio de 300 metros, controlado por pulseira eletrónica e também proibição de permanecer, frequentar ou de se aproximar do local de trabalho bem como contactar, por qualquer forma ou meio, ou por interposta pessoa, com a vítima; e obrigação de continuar a sujeitar-se ao tratamento de dependência alcoólica, cujo o controlo deve ser efetuado pela Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais”, conclui a GNR, em nota.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -