2 C
Munique
7.8 C
Porto
DestaqueDetido em Penafiel por injúria, agressões físicas e ameaças de morte à...

Detido em Penafiel por injúria, agressões físicas e ameaças de morte à ex mulher

Após o escalar da gravidade dos episódios de violência, a GNR deteve um sujeito de 38 anos por violência doméstica. A vítima, com quem estava casado, tem 38 anos e é mãe de quatro filhos conjuntos com o agressor.

Relacionados

Acidente em Santo Tirso provoca um ferido

Esta manhã, na Rua de Fontiscos em Santo Tirso, ocorreu um acidente de viação, o qual provocou um ferido leve. O alerta foi dado pelas...

Entrega de Prémios de Eurohockey Indoor Championship em Paredes

Ontem, em Paredes, decorreu o último dia de competição do Campeonato Europeu de Hóquei Indoor de Seniores Masculinos. No local, marcou presença o vereador...

Penafiel: Despiste em Rio de Moinhos provoca três feridos

Ontem, na sequência de um despiste de carro, em Rio de Moinhos, no concelho de Penafiel, três pessoas ficaram feridas. Um dos feridos teve de...

A GNR do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas de Penafiel, deteve um homem de 38 anos por violência doméstica ontem, no concelho de Penafiel.

Durante uma investigação realizada por violência doméstica, a GNR apurou que o suspeito estava casado com a vítima, de 34 anos, há quinze anos, com a qual teve quatro filhos menores. O agressor, desde o início do presente ano que passou a consumir bebidas alcoólicas em excesso e, de acordo com a GNR, começaram a surgir, por parte do detido, “situações de ciúmes e desconfianças, acusando a vítima de manter relações extraconjugais, motivos que levaram a injúrias, agressões físicas e a ameaças de morte”, avança, em nota, a GNR.

Durante o último episódio de violência, decorrido no mês de agosto, a “vítima decidiu sair de casa com os filhos menores, colocando um fim à relação”, acrescenta nota da GNR, referindo ainda que, com o escalar de violência e gravidade dos factos, e dando cumprimento ao mandado de detenção emitido pela Autoridade Judiciária, o suspeito foi detido e presente no dia de ontem a interrogatório judicial no Tribunal de Instrução de Penafiel.

O homem, de acordo com a GNR, ficou “sujeito às medidas de coação de proibição de contactar por qualquer forma ou meio, ou por interposta pessoa, com a vítima, com exceção das questões relativas às responsabilidades parentais que devem ser tratadas por intermédio de advogado ou procurador; proibição de se aproximar, permanecer ou frequentar a habitação da mesma, estabelecendo-se a área de exclusão um raio de 500 metros; e obrigação de se sujeitar a uma avaliação médica e eventual tratamento, da sua dependência alcoólica, em termos a definir pela Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais”, concluiu, em nota, a GNR.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido