19.7 C
Munique
21.4 C
Porto
RegionalHomem foi detido em Braga por ter desferido vários golpes na cabeça,...

Homem foi detido em Braga por ter desferido vários golpes na cabeça, face e tórax da vítima

O crime foi caracterizado como homicídio qualificado de forma tentada tendo já sido detido o alegado suspeito, bem como apreendido o instrumento utilizado na prática do crime

Relacionados

Conheça os candidatos do Partido Socialista à Câmara Municipal de Paredes

O Partido Socialista de Paredes apresentou a recandidatura de Alexandre Almeida à Câmara Municipal. O recandidato à Câmara Municipal de Paredes tem 47 anos e...

Vereador da Trofa ilibado e ex-líder do Trofense condenado por desviar subsídio

O tribunal de Matosinhos condenou, hoje, o antigo presidente do Trofense, Paulo Melro, por desviar para o futebol profissional subsídios camarários atribuídos ao desporto...

Meia maratona do Porto condiciona o trânsito a partir de sexta-feira

A 14ª meia maratona do Porto irá provocar, a partir de sexta-feira e, até domingo, o trânsito permanecerá condicionado, bem como o estacionamento, em...

A Polícia Judiciária deteve, em colaboração com a GNR, no concelho de Braga, um homem de 30 anos, suspeito da prática de um crime de homicídio qualificado de forma tentada.

O suspeito foi detido em flagrante no dia de ontem, durante a noite, no exterior de uma residência situada numa freguesia do concelho de Vieira do Minho. De acordo com a PJ, os factos ocorreram durante a noite, após uma discussão entre uma mulher e a vítima, de 46 anos de idade, por motivos passionais, refere nota da GNR.

Em função dessa alteração, o presumível autor do crime “muniu-se de um instrumento metálico utilizado em trabalhos agrícolas, e desferiu vários golpes na cabeça, face e tórax da vítima, causando-lhe lesões graves que obrigaram à intervenção do INEM e à sua evacuação para o Hospital de Braga, por existir perigo para a vida”, relata nota da PJ.

Após a comunicação à polícia, realizaram-se as diligências de investigação e recolha de elementos de prova, tendo já sido detido o presumível autor do crime, bem como foi apreendido o instrumento utilizado para a prática do crime.

O detido será presente às autoridades judiciárias competentes no Tribunal de Guimarães para primeiro interrogatório e aplicação das devidas medidas de coação.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido