-1.4 C
Munique
6.7 C
Porto
RegionalMarco de CanavesesMarco de Canaveses garante financiamento de um milhão de euros para ETAR...

Marco de Canaveses garante financiamento de um milhão de euros para ETAR de Ponte das Tábuas

A obra foi adjudicada por 2,66 milhões de euros, sendo que o município espera dar início à obra em janeiro de 2022

Relacionados

Cinfães conta com nova unidade de saúde em Nespereira

As novas instalações da Unidade de Saúde de Nespereira, em Cinfães, entraram em funcionamento hoje e servirão 1725 utentes. A Administração Regional de Saúde do...

Felgueiras acolhe oficina de inovação para capacitar tecido empresarial

O Município de Felgueiras avança que, face ao contexto pandémico, que acrescentou grandes adversidades ao tecido empresarial e introduziu mudanças na lógica e comportamento...

GNR e Polícia Municipal de Paredes fiscalizam autocarros e transportes escolares

A GNR e a Polícia Municipal de Paredes procederam a uma ação de fiscalização conjunta aos autocarros e transportes escolares, na Escola Secundária e...

A Câmara Municipal do Marco de Canaveses viu aprovada a candidatura ao financiamento comunitário, no valor de um milhão de euros, para a empreitada de reformulação da Estação de Tratamento de Águas Residuais da Ponte das Tábuas, no âmbito do Programa de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

A presidente da Câmara Municipal, Cristina Vieira, destacou que esta foi uma vitória para a autarquia, uma vez que é possível garantir o “financiamento comunitário para a empreitada de água e saneamento”, sendo este considerado um “momento histórico porque é a demonstração de que a forma como temos gerido o dossier das águas está a dar resultados positivos, tanto para o bolso das famílias marcuenses, como para as contas da Câmara Municipal”.

A obra foi adjudicada por 2,66 milhões de euros, sendo o montante máximo do financiamento é de um milhão. No âmbito da reformulação da ETAR da Ponte das Tábuas, o município irá dotar o equipamento com tecnologia de última geração e prevê a instalação de condutas de abastecimento de água e coletores de águas residuais, além da construção de duas Estações Elevatórias de águas residuais.

O contrato da empreitada recebeu o visto favorável do Tribunal de Contas e a Câmara Municipal espera dar início à obra em janeiro de 2022, sendo que o prazo de execução será de 15 meses.

A obra contará com o apoio de Fundo de Coesão através do POSEUR e vai permitir servir 10 mil habitantes-equivalentes. A informação sobre o financiamento foi divulgada no decorrer da tarde de ontem pelo Executivo Municipal em Assembleia Municipal.

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor deixe o seu comentário
Por favor insira o seu nome

- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -
error: Conteúdo protegido