DestaqueAPAV de Paços de Ferreira regista decréscimo de número de vítimas durante...

APAV de Paços de Ferreira regista decréscimo de número de vítimas durante a pandemia

Relacionados

Paredes: Dois homens com antecedentes detidos por roubo

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal de Penafiel deteve, no passado dia 12 de junho, dois homens de 28...

Santo Tirso: Câmara Municipal alvo de buscas pela PJ

A Polícia Judiciária do Porto realizou, na passada quarta-feira, dia 12 de junho, buscas na Câmara Municipal de Santo Tirso e em três empresas...

AD e PS dividem vitórias nos Concelhos da Região do Tâmega e Sousa

A população europeia, foi, no passado dia 09 de junho, chamada a votar para eleger os assentos no Parlamento Europeu. Na região do Tâmega...

Marlene Fonseca é a Gestora do Gabinete de Apoio à Vítima de Paços de Ferreira e, em entrevista ao EMISSOR, avança que os números relativos às vítimas registadas na APAV, que procuraram os serviços e lhes foi dado o respetivo apoio, diminuiu durante a pandemia.

Os números apresentados pela gestora da APAV de Paços de Ferreira relativos a 2019 contêm o registo de 285 utentes atendidos e, em 2020, contam 217 utentes atendidos.

No âmbito da pandemia, Marlene Fonseca refere que o decréscimo aconteceu não só no Gabinete da APAV em Paços de Ferreira como nos demais gabinetes a nível nacional, uma vez que a procura pelos serviços diminuiu.

O contacto com os utentes passou de presencial a remoto, uma vez que a APAV optou, durante o confinamento, pelo atendimento telefónico ou por email, restringindo o atendimento presencial apenas para casos mais difíceis.

Hoje, com os serviços a funcionarem presencialmente, Marlene tece as suas considerações e aufere um balanço do atendimento realizado pela APAV nos últimos dois anos (2019 e 2020), avançando alguns dados sobre a situação em que a APAV se encontra atualmente.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -spot_img

Últimos Artigos

- Publicidade -